Bruna Caram dedica sexto álbum da carreira, Afeto e Luta, à obra de Gonzaguinha

Sexto albúm da carreira da cantora é o primeiro dedicado à obra de um compositor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prestes a celebrar 15 anos de carreira fonográfica neste 2021, Bruna Caram se prepara para dar passo adiante em discografia iniciada em 2006 com a edição de álbum, Essa Menina (Dabilú Discos), que exibia ainda os caminhos de amadurecimento da cantora com então 20 anos de idade.

Ainda neste 2021, Caram pretende lançar Afeto e Luta: Bruna Caram Canta Gonzaguinha, álbum dedicado, como o subtítulo sugere, ao repertório magistral de Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior (1945-1991), o Gonzaguinha. O disco é fruto de live transmitida ainda em 2020 com a direção musical de Norberto Vinhas, roteiro de Jean Wyllys e direção de Cris Ferri e participações de Luedji Luna e Fabiana Cozza, e relembra os 30 anos da morte do compositor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com lançamento agendado ainda para o primeiro semestre, o primeiro single de “Afeto e Luta” entra nas plataformas no dia 29 de abril, quinta-feira. A julgar pelo roteiro apresentado na live de dezembro, sambas como O Homem Falou (1985), É (1988) e Diga lá, Meu Coração (1982) devem compor o repertório do álbum. 

Bruna Caram | Foto: Reprodução
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio