Cazuza ganha biografia a tempo de celebrar 65 anos do poeta exagerado

Novo livro é a primeira biografia sem a assinatura da mãe do cantor, Lucinha Araújo

Publicado em 3/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Está a caminho do mercado uma nova biografia de Agenor de Miranda Araújo Neto (1958-1990), o Cazuza. Escrito pelo jornalista Luiz Felipe Carneiro, o livro deve chegar ao mercado a tempo de celebrar os 65 anos de vida que o poeta exagerado celebraria em 2023, não tivesse saído de cena há 31 anos, vítima de complicações do vírus da Aids.

A nova biografia deve ir mais fundo na história e nas narrativas construídas acerca da imagem – automaticamente mitológica – de Cazuza a partir da publicação do livro Só as Mães são Felizes (1997), escrito pela jornalista Regina Echeverria a partir de depoimentos da mãe do compositor, Lucinha Araújo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O livro deu origem ao filme Cazuza – O Tempo não Pára (2004), que, por sua vez, contribuiu no roteiro do musical Pro Dia Nascer Feliz (2013). Ainda sem título divulgado, a nova biografia do poeta exagerado deve ser finalizado entre 2021 e 2022. Essa será a primeira biografia de Cazuza escrita sem a assinatura de Lucinha Araújo.

Lançado em 2019, o livro Segredos de Liquidificador, de Rafael Julião, não é uma obra biográfica, mas uma análise das letras do artista – ainda que muitas confessionais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio