Cantora Karina Buhr detona Bolsonaro e o ‘Ministério da Morte’

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fiz também o teste do Ministério da Morte. Falei q tô com fadiga, coriza, sinusite, dor de garganta, dor de cabeça e nariz entupido. Me passaram Cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, invermectina e doxicilina”. Assim Karina Buhr se referiu ao tratamento que recebeu, em postagem na noite passada, em sua conta no Twitter. A cantora baiana usou também no post as hashtags #BolsonaroAssassino #ImpeachmentBolsonaro

VEJA MAIS: Anitta fala sobre participação de Pocah no BBB: “Como ela teve a audácia?”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cultuada na geração da MPB da década passada, Karina Buhr, que tem 46 anos, lançou trabalhos premiados, como o álbum “Desmanche”, de 2019, eleito o melhor do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Ela tem se mostrado bem descontente com o governo atual, nas redes sociais. Na mesma noite, antes da postagem acima, ela já havia se referido ao Ministério da Saúde como “Ministério da Doença da Mentira e da Morte!”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio