Elvis Presley pode, afinal, não ter morrido

Tem gente que diz ver o Rei do Rock 'vivinho da silva' até hoje. Mas será que, afinal de contas, Elvis Presley nos pregou uma peça esse tempo todo? Confira:

Publicado em 17/09/2021 08:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Até hoje, quase 43 anos depois do fatídico dia de sua morte, alguns ainda não estão realmente convencidos de que Elvis faleceu. Os registros oficiais apontam como causa mortis, que Presley teve um ataque cardíaco e faleceu em 16 de agosto de 1977; mas os fãs insistem que ele fingiu sua própria morte, para que pudesse desfrutar de uma vida mais relaxada e livre da fama. Mas será ????

Teorias da conspiração como a Terra Plana, ou que afirmam que o homem não foi a lua e que reptilianos andam entre nós, ou ainda que Elvis não morreu, ganharam ainda mais força por causa da internet, viralizando por aí até chegar com sucesso na telinha do seu telefone, através do árduo e incansável trabalho e utilidade pública dos tios e tias do ‘zap zap’, que não podem ver uma notícia maluca que já querem repassar em massa: que alegria! Eu como jornalista tenho que diariamente desmentir, com fatos, metade dos meus familiares, ávidos por uma ‘novidade’ nesse naipe.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E, em se tratando de Elvis, que é o assunto que nos interessa, ao longo dos anos este colunista que vos fala já ouviu falar de inúmeros supostos ‘avistamentos’ – desde logo após a morte de Elvis até os dias atuais. Então, para seu deleite querido(a) leitor(a), resolvi listar algumas das teorias da conspiração mais ‘rebuscadas’ (e bizarras) sobre o Rei do Rock. Confira:

O primeiro avistamento de Elvis

Pouco depois da morte de Elvis, um homem dirigiu-se ao aeroporto de Memphis, nos EUA, e comprou uma passagem só de ida para Buenos Aires, Argentina. Alegadamente, o homem tinha a aparência do astro do rock e usou o nome ‘Jon Burrows’, um pseudônimo que Elvis usava ao reservar hotéis. Poderia realmente ter sido ele?

A Teoria da Pedra Angular

Na lápide de Presley, há um suposto erro de grafia. Seu nome do meio, em vez de Aron, a lápide mostra Aaron. A teoria é que, supostamente, seus pais ou ele mesmo queriam mudar seu nome do meio, de modo a ficar semelhante ao gêmeo natimorto de Presley, Jesse Garon Presley; alguns fãs acreditam que o erro de grafia foi intencional, como uma forma de nos informar que Presley fingiu sua própria morte. As pessoas que acreditam nisso só se esqueceram que, no caso de lápides, paga-se por cada letra adicional.

Lápide de Elvis em Memphis (Foto: Gettyimages)

A foto da casa da piscina

Uma foto tirada em 31 de dezembro de 1977, por Mike Joseph (que estava visitando Graceland com sua família) supostamente mostrava Elvis sentado em sua casa com piscina. Em uma entrevista com Larry King, Joe Esposito declarou então que a pessoa na foto não era realmente Elvis, mas Al Strada, mas nem todo mundo está convencido.

A foto na casa da piscina onde Elvis teria sido visto. (Foto: Mike Joseph / Reprodução)

Elvis estava ligado à máfia

Essa é das mais absurdas: Gail Brewer-Giorgio, autora do livro de 1988 Is Elvis Alive, explicou à revista TIME que depois de olhar toneladas de documentos do FBI, ela concluiu que Presley teve que ir para a proteção de testemunhas, depois que o FBI o convocou para ajudar a derrubar um criminoso da organização chamada “A Fraternidade”. Elvis teve que fingir sua própria morte quando foi descoberto como delator. Brewer-Giorgio disse à TIME: “Elvis fingiu sua morte porque ele ia ser morto e não havia dúvidas sobre isso”.

82º aniversário

O que você faria no seu 82º aniversário se fosse uma das maiores estrelas do mundo e fingisse estar morto por quase quatro décadas? Vá para Graceland, obviamente. Uma foto apareceu na página do Facebook ‘Elvis Presley Is Alive’ em janeiro de um homem com uma barba branca, e com o pessoal de segurança no canto superior esquerdo da imagem, que os fãs especularam que poderia estar protegendo Elvis.

Os teóricos da conspiração acreditam que esse homem é Elvis Presley. (Foto: Reprodução)

Elvis em ‘Esqueceram de Mim’

Vocês imaginam o Rei do Rock contracenando com Macaulay Culkin? Alguns sim. Há uma teoria ainda mais maluca, que aponta para Elvis fazendo uma aparição no icônico filme de 1990 (13 anos depois de sua morte) estrelado pelo então astro mirim Macaulay Culkin. No filme, enquanto Kate McAllister, personagem de Clare Carey verifica a disponibilidade de voos, um homem barbudo é visto ao fundo – e a teoria afirma que o cara barbudo é na verdade Elvis.

Ele parece ter a idade certa (em 1990, Elvis teria 55 anos), há alguma semelhança nos olhos – e a cor do cabelo é o tom natural de Elvis. Quer dizer, é muito tênue, mas coisas mais estranhas aconteceram, certo?

A impressão que eu tenho, diante de tudo isso, é que muitos parecem confundir Elvis Presley com o icônico personagem Jamanta, vivido por Cacá Carvalho em Torre de Babel (1998) e Belíssima (2005), que mais parecia um tipo de highlander tupiniquim com seu famoso bordão: “Jamanta não morreu”.

Foto: Reprodução
Highlander brasileiro??? (Foto: Reprodução)

Vamos ficando por aqui, até que aconteça o próximo ‘avistamento’ de Elvis, ou de seus sósias. Afinal, os grandes astros sempre serão imortais, seja por sua obra ou na lembrança dos seus admiradores. Vida longa a Elvis Presley, que mesmo após a sua morte, ainda nos encanta com sua música e nos fascina com sua memória.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio