mateus carrilho
O cantor goiano Mateus Carrilho (FOTO: Reprodução)

Mateus Carrilho deu o pontapé inicial em seu novo projeto, o “Dose Dupla” nesta quarta-feira (dia 11) com a estreia do single “Motor Acelerado”, que ganhou uma videoclipe com direito a inúmeros efeitos especiais.

De acordo com o músico, o projeto “Dose Dupla” finaliza os trabalhos de 2019 e abre as portas para as novidades que Mateus Carrilho programa para 2020.

As duas faixas do projeto são muito especiais para mim e estou feliz de soltá-las pro mundo. Esse projeto da o pontapé em 2020, que está cheio de coisas incríveis planejadas. Ansiedade e animação tão formando uma dupla pesada por aqui (risos). Espero que todo mundo curta e embarque nessa comigo!”, revelou ao divulgar sua mais nova empreitada nas redes sociais.

Em entrevista ao Observatório da Música, Mateus Carrilho nos deu detalhes sobre o “Dose Dupla” e de quebra revelou que o seu primeiro álbum sairá no próximo ano.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Em 2019 você lançou vários singles individuais, qual fora a estretégia? Mensurar o que os teus fãs realmente gostam de escutar?

“Eu acreditei nesse formato de lançamento por que vi nele uma forma interessante de explorar cada música, clipe e mundo que eu gosto de criar e dividir com os fãs. Artistas internacionais como Katy Perry e nacionais como a Anitta vem investindo em lançamentos pontuais assim também e vemos que o público que quer sempre novidades tem gostado, né? Mas olha, criar um universo completo de um CD é uma realidade que eu quero voltar a a fazer. Ainda mais agora, em carreira solo. Quem sabe em 2020? (Risos)”

Você acaba de anunciar um projeto chamado “Dose Dupla”, o que é este projeto e como ele vai funcionar?

“O Dose Dupla é um projeto que durará de dezembro até janeiro com dois lançamentos e que vai fechar os trabalhos de 2019 e dar início ao que eu estou preparando para 2020. O primeiro lançamento do Dose Dupla é “Motor Acelerado”, lançado hoje (10), e que ganha clipe dia 11/12  as 12h. A segunda dose vem ai, mas no meio disso tudo tem ainda muita surpresa”.

“Dose Dupla” marca o fim de uma era ou o inicio de um novo Mateus na música?

“Esse ano tivemos “Toma”, “Então Vem”, “Amor Sem Lei”, uma série de shows… Então precisávamos comemorar e, mais ainda, começar com todo o gás o ano que vem, que está cheio de novidades preparadas. Dose Dupla é nosso “ritual de virada” (risos).

E o primeiro álbum solo de sua carreira: vem por ai? O que você já pode nos contar?

Não dá para contar muito. Mas o Dose Dupla além de tudo é um projeto que tem várias ligações, dicas e sugestões pro futuro, risos. Tem sido divertido ter essa troca com os fãs”.

Duda Beat, Pabllo e Mc Tha foram um dos nomes que lhe ajudaram a entregar bons hits aos fãs. Destes nomes, qual você gostaria de ter no seu album de estreia e por que? Vai rolar algum feat. nostalgia?

Todos com quem trabalhei são pessoas as quais eu tenho uma relação de amizade e de troca muito grande. Não posso descartar um novo lançamento com eles, por que do nosso dia a dia uma ideia, uma melodia ou um ritmo sempre pode surgir”.