Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

COLUNA DROPS

Fernando Berenguel

Das voltas que a vida dá. Há cerca de dois anos, o astro mineiro Eduardo Costa fazia uma visita íntima, que emocionava, o então candidato à presidência Jair Bolsonaro. O encontro, amplamente noticiado pela imprensa, vinha num momento crucial da corrida presidencial. Era outubro de 2018. Cerca de um mês após o atentado sofrido por Bolsonaro em Juiz de Fora (MG), e era uma das primeiras aparições públicas do político desde a facada recebida.

Desde então, como todo mundo sabe, muita coisa no país mudou. O Governo do presidente eleito perdeu alguns dos seus principais aliados, acabou fazendo o Real ser a moeda mais desvalorizada no mundo e atualmente enfrenta a pandemia negando praticamente todas recomendações da ciência. Já o grande problema para o círculo mais íntimo de Eduardo Costa, pelo menos, é que sua carreira acabou virando um verdadeiro perrengue chique. E daqueles!

Após desabafar sobre problemas financeiros, o sertanejo segue enfrentando mais uma crise de imagem. De acordo com a jornalista Fabíola Reipert, ele foi impedido de vender sua luxuosa mansão e teve bens penhorados devido a irregularidades. Eduardo Costa teve que abrir mão de uma casa, uma Ferrari, uma lancha e um jetski para conseguir o valor necessário para a compra da mansão, que fica em Belo Horizonte. Agora, ele tenta vender o imóvel por R$ 12 milhões.

No entanto, os antigos donos da casa descobriram que os bens não estavam no nome do artista e abriram um processo judicial contra ele, acusando o sertanejo de calote. Segundo Fabíola, a mansão foi bloqueada para a venda e o cantor teve seus bens penhorados. “A casa que ele deu foi construída em uma área irregular e os veículos não eram dele. Nada era dele. O imóvel está bloqueado, quem quiser comprar deverá pagar o dobro do valor”, explicou a jornalista.

A “maré baixa” para o cantor contou ainda com um barco encalhado durante a execução e planejamento de um dos seus projetos mais ambiciosos na carreira. A grandiosa gravação de um DVD no Pantanal. “Quando a gente chegou o barco já estava encalhado. Ele ficou no porto mesmo, no lugar que ele estava ancorado. Bateu um vento muito forte e o cara fez uma manobra de forma errada e aconteceu isso. Mas está tudo bem”, disse Eduardo à coluna de Leo Dias.

Barco encalhado no Pantanal
(FOTO: Reprodução)

Agora, após demonstrar arrependimento, mandar indiretas para Jair Bolsonaro na pandemia e reclamar das críticas que recebeu por seu posicionamento nas eleições 2018, Eduardo Costa conseguiu finalmente gravar seu novo DVD no Pantanal. A região que justamente, como se sabe, vive sua pior crise ambiental em décadas. Outro detalhe que chama atenção é um dos momentos mais emblemáticos da carreira recente do músico. No episódio em questão, Eduardo se ajoelhou durante uma live com Leonardo e pediu perdão por falar de política.

“Em algum momento da vida eu falei de política, fui polêmico, tive boa intenção. Quero pedir perdão a todas as pessoas que me interpretaram mal, sei que me excedi. Perdão se fui ofensivo em algum momento. Eu errei, me arrependo profundamente”, disse o cantor ao falar sobre o tema. 

Já sobre seu próprio extremismo adotado como escolha política, Eduardo foi mais direto. “Aprendi que nós não devemos ser pessoas extremistas. Quando você entra no meio político, e é extremo, você é um bobo. Nós precisamos ser pessoas equilibradas e eu fui um desequilibrado naquele momento. Todas as pancadas serviram de aprendizado”. Vale lembrar também que ainda nas primeira semanas da pandemia, o musico cobrou Bolsonaro por um maior reconhecimento aos enfermeiros, médicos, policiais, bombeiros e professores.

Quando me coloquei no lugar das pessoas, descobri que o errado era eu”, disse. “Hoje eu acho que tem muita coisa que a esquerda fez, que foi maravilhoso para o desenvolvimento do país. Assim como eu também acho que tem muita coisa que a direita faz que também é maravilhoso para país. E que tudo isso serve para o nosso crescimento, para aprendermos que nós temos de ter tolerância. Às vezes a gente pensa que sabe mais que todo mundo. Mas, quando me coloquei no lugar das pessoas, descobri que o errado era eu”, revela.

Agora, após tantas e tantas polêmicas, o músico parece estar querendo mudar de rumo. Para isso, o cantor apostará nos irmãos revelação Angelo & Angel que se tornaram a primeira dupla sertaneja negra (da atualidade) a ganhar destaque nacional depois de participarem do The Voice Brasil.

Resta saber se esta fase mais engajada, comedida e menos radical de Eduardo Costa tem alguma relação com sua suposta crise financeira. Importante questionar também até quando esta fase menos polêmica vai durar. Será que o Eduardo Costa que conhecemos ficou pra trás?

VERÃO DA PABLLO

Após emplacar dois dos maiores hits do Verão brasileiro (“Amor de Que” em 2020 e “Todo Dia” em 2017) a drag queen Pabllo Vittar concedeu uma entrevista à revista GQ e durante o bate-papo, revelou que pretende lançar um “álbum de verão” em 2021.

Se deus quiser, ano que vem já vai estar tudo check, meu amor vou vir com o sangue nos olhos. Turnê nova, novo conceito, tô preparando um álbum de verão, tem várias coisas que não posso falar, mas vai ter muita música nova, os fãs vão sair do deserto… é isso, esse tempo que fiquei em casa foi muito importante para ver o que eu queria como artista, porque também não dava para ficar lançando single atrás de single atrás de single atrás de single…. sabe? Honey, give something new, give me an aesthetic! E eu sou assim. Então foi muito importante para olhar pra mim e pensar ‘poxa, o que eu quero? Quero isso’. E eu fiz e tô muito feliz”, disse.

Vale lembrar que o produtor Diplo pode ter uma boa notícia para aqueles que se frustraram com as parcerias mais independentes da versão Deluxe do ‘111’, de Pabllo Vittar. Em novembro, o hitmaker confirmou através de uma live que possui algumas demos guardadas de Pabllo Vittar mas que ele pretende lançá-las somente com uma condição.

diplo
O produtor norte-americano Diplo (FOTO: Reprodução)

O lançamento ocorrerá quando a artista divulgar um álbum totalmente em inglês voltado para o mercado americano. Será que com o Coachella sendo remarcado para 2022 pode finalmente rolar esse álbum gringo?

PEDIDO DE DESCULPAS

A dupla Pedro Motta e Henrique – acusada de transfobia após o lançamento do single Lili na última sexta-feira (18) – decidiu alterar a letra da canção, dada a enorme repercussão negativa que a faixa teve na web após ser acusada de transfobia por abordar de maneira jocosa o tema da transexualidade.

O clipe oficial com a primeira versão polêmica já aparece como “não listado” no YouTube. Isso significa que o link para o clipe ainda funciona, mas não aparece mais nos resultados de busca da plataforma.

LUD-FAMADA

Em melhor fase na carreira, deve ter sido difícil ser Ludmilla neste ano de 2020. Nos últimos meses, a cantora foi alvo duma fake news sobre uma traição de sua esposa envolvendo uma bailarina de Anitta. O assunto rendeu na imprensa de maneira histérica.

O factoide virtual virou caso de polícia e até hoje ninguém foi responsabilizado. Já nas últimas semanas, supostos amigos da cantora teriam se envolvido numa agressão a uma influenciadora numa balada. Momentos nos quais a sensatez se faz necessária: poderia Ludmilla ser responsabilizada por uma atitude que não foi ela quem cometeu?

Após tantas e tantas maledicências, parece que uma teria caído por terra. Depois de ser acusada de somente “tratar bem seus fãs” quando as câmeras estão ligadas (durante um evento num parque de diversão), os fãs de Ludmilla resgataram alguns vídeos na web provando que a suposta vítima teria posstvelmente mentido.

Diante de tanta notícia ruim sobre Lud numa fase em que ela ganhou consecutivamente dois Prêmios Multishow de Música do Ano, terá um futuro programa no Multishow sobre sua vida, ganhará uma cadeira cativa no The Voice Brasil e possui uma parceria engatilhada com ninguém menos que Cardi B, resta saber, diante de tanta coisa boa, a quem pode interessar que estas notícias ruins manchem a imagem da funkeira. Quem ganha com tudo isto?

FILHO DE PEIXE


Após vencer um recurso judicial de um processo milionário contra a HBO, o primeiro filho de Michael Jackson, Prince Jackson, de 23 anos, foi flagrado em um ato de solidariedade nesta segunda-feira (21). O primogênito do rei do pop, que faleceu em 2009, levou um grupo de 25 crianças para fazer compras de Natal em uma loja de brinquedos localizada em Los Angeles, na Califórnia, EUA.

Com máscaras de proteção contra a Covid-19, elas percorreram os corredores do local e cada uma pôde gastar 150 dólares em presentes. Prince posou para fotos com algumas das crianças dentro e fora da loja, já que se reunir com todas de uma só vez seria arriscado devido ao cenário de pandemia.

(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Uma das figuras humanitárias mais reconhecidas da história, Michael Jackson permanece no Livro Guinness dos Recordes Mundiais como o pop star com mais contribuições de caridade. O músico que teria doado cerca de 300 milhões de dólares para a caridade, gravou singles como “We are the World” e doou lucros de múltiplas turnês mundiais pra caridade.

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo
(FOTO: Reprodução)

DAR A “LIGHT”

Ainda em silêncio sobre a ameaça de privatização do SUS feita recentemente por Bolsonaro, a cantora Simone, dupla e irmã de Simaria, segue no final da gravidez da sua segunda filha, Zaya. A musa está no oitavo mês de gestação e com isso, decidiu ir para Miami, Estados Unidos, se preparar para o nascimento da pequena, que acontecerá em solo norte-americano.

A artista baiana, vale lembrar, recentemente recebeu repasses do governo federal para uma campanha federal sobre violência contra a mulher que teria custado a bagatela de R$11 milhões. Bom, pelo menos na pandemia, não deu muito certo. Segundo aponta reportagem do UOL, a violência contra a mulher acabou aumentando bastante durante o período do isolamento social. Diante das “bolas foras” das coleguinhas, perguntar não ofende: o filho não poderia ter nascido por aqui, país com excelentes médicos e no mesmo território dos fãs da dupla?

BALADA DO ZÉ NETO

Diante da volta ao isolamento adotado por algumas cidades, o sertanejo Zé Neto parece ter tido uma boa ideia. Pelo menos para os baladeiros de plantão. O cantor resolveu montar uma casa noturna na residência ao instalar um globo com luzes para dançar com o pai. Em tempos de quarentena, fica a dica para os fãs de uma baladinha.

E POR HOJE É SÓ!

BOA SEMANA 

E EU VOU FICANDO POR AQUI! ATÉ AMANHÃ! 🙂

Com a colaboração de Bruno Barros e Louise Barbosa

(Fernando Berenguel)

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha e opinião do site e do portal UOL