A cantora maranhense Pabllo Vittar (FOTO: Reprodução)

FERNANDO BERENGUEL

Coluna Drops

Vamos contar nos dedos das mãos? Em outubro de 2020, a drag queen Pabllo Vittar lançou o hit “Parabéns” em parceria com Psirico, o que rendeu uma primeira polêmica com o Youtube. Apesar de diversos sertanejos e músicos fazerem referências diretas a bebidas alcoólicas em suas músicas e clipes, o vídeo da canção da cantora LGBT acabou sendo reclassificado para maiores de 18 anos por uma garrafa de vodka aparecer nas imagens do projeto.

Tal fato, acabou impactando diretamente na audiência do clipe do single de Pabllo Vittar no Youtube que acabou sendo prejudicado em visualizações. Na época da polêmica, vale lembrar, hits de sertanejos e pagodeiros como “Zé da Recaída” (Gusttavo Lima) e “Chopp Garotinho” (Ferrugem), seguiam com bebida liberada na plataforma. Fato daqueles super esquisitos.

Esta foi a primeira. Já nas últimas semanas, Bandida, o vídeo sensual da cantora com Pocah que traz um sample funkeado de MC Mayara, acabou apresentando problemas nas buscas do Youtube não aparecendo para muitos usuários. A equipe da cantora foi forçada a alterar a grafia do título em relação ao single que passou a se chamar “Bandid*. Vale ressaltar, que ao mesmo tempo funks e músicas com palavrões explícitos seguem a torto e a direito no Youtube sem qualquer restrição da plataforma. Algumas músicas, inclusive, com o termo “bandida” ou variantes no título.

Imagem
Imagem
Imagem

Agora, num mais novo episódio de toda polêmica (o terceiro capítulo na verdade), o clipe de “Modo Turbo”, single de Luísa Sonza com Pabllo Vittar e Anitta, também desapareceu nas buscas do Youtube na plataforma. Enquanto isto, músicas de projetos relacionados diretamente ao clipe apareceram com destaque na busca de vídeos do site.

O videoclipe ainda pode ser visto através do link direto, mas ficou difícil para o público geral acessar o vídeo. Apesar disso, o projeto já é um sucesso e conta com mais de 37 milhões de reproduções na plataforma. O youtube foi procurado pelo Observatório de Música através do email do Google e até o momento do fechamento desta matéria ainda não se manifestou. Se assim o fizer, esta nota será atualizada.

NAS RÁDIOS NEM PAGANDO

O hitmaker Rodrigo Gorky nos últimos tempos revelou um dos episódios mais emblemáticos do abismo que polariza o país ao contar que durante a divulgação do Não Para Não (segundo álbum de Pabllo Vittar) inúmeras rádios brasileiras se recusaram a tocar as músicas da drag até mesmo com propostas de jabá.

Como eu gostaria que a Pabllo não sofresse preconceito pelas rádios. Como eu gostaria que os fãs entendessem isso de uma vez por todas. Não adianta nem com jabá”, comentou Rodrigo respondendo a um fã de Pabllo em seu Twitter. Prática considerada polêmica no mercado, o jabá, vale lembrar é um repasse financeiro para execução radiofônica de uma música. No país, inúmeros sertanejos como Gusttavo Lima e gravadoras seguiriam utilizando do artifício.

PROVOCAÇÕES

Ninguém entendeu nada quando ao divulgar as indicações da edição de 2021 do Grammy Awards, a The Recording Academy, responsável pela premiação, deixou o cantor The Weeknd de fora. Com todas as apostas dadas ao álbum “After Hours” e o single “Blinding Lights” todo mundo ficou surpreso quando ambos foram ignorados.

Pois bem, como resposta, o músico lançou nesta quarta-feira (05), o provocativo clipe de ‘Save Your Tears’. Em determinado momento, ele aparece com plásticas e botox, criticando os padrões de beleza da indústria musical, além de aparecer jogando champagne nos convidados durante uma performance sua que remete à cerimônia de premiação do Grammy. Seu visual bizarro, inclusive lhe rendeu comparações ao sertanejo Eduardo Costa.

Nenhuma descrição disponível.
(FOTO: Reprodução Youtube)
Nenhuma descrição disponível.
(FOTO: Reprodução Youtube)

Agora, a revista Variety publicou um artigo contando todas as suas apostas para 2021. Apesar das tão sonhadas voltas de Rihanna e Adele, a aposta do Grammy é que The Weeknd seja o vencedor de indicações como forma de redenção após o boicote deste ano.“Em um esforço para reparar seu escandaloso boicote do Grammy em 2021, a Recording Academy indicará o The Weeknd para um recorde de 20 indicações – quebrando o recorde estabelecido por Michael Jackson e Babyface com 12 – incluindo acenos no pop, R&B, rap, rock, country, categorias de gospel e jazz?”, escreveu exageradamente a publicação.

No fim das contas então é todo imbróglio entre o músico e a Academia musical se apresenta quase como uma “win win situation”. Se premiam todos os rivais de The Weeknd em 2020 e no ano seguinte, ele conquista todos gramofones que lhe sejam de direito. Na verdade alguns outros. Vale lembrar que o músico já tem três prêmios pra chamar de seus.

ABELHA RAINHA

Ano após ano renegada na categoria principal da premiação, Beyoncé tem nove nomeações ao Grammy 2021 e é a líder de indicações. Em recente publicação, a revista Billboard aponta que a artista pode vencer em cinco categorias, o que elevaria seu total de vitórias para 29. Caso a previsão se confirme, Beyoncé se tornará a segunda maior vencedora da história, ficando atrás somente do maestro Georg Solti, que recebeu 31 Grammys ao longo da carreira.

Confira as categorias que a Billboard aposta na Beyoncé para o Grammy 2021:

Gravação do Ano: “Savage” – Megan Thee Stallion feat. Beyoncé

Melhor Performance R&B: “Black Parade” – Beyoncé

Melhor Música R&B: “Black Parade” – Beyoncé

Melhor Performance Rap: “Savage” – Megan Thee Stallion feat. Beyoncé

Melhor Clipe: “Brown Skin Girl”

“Savage pode ser a primeira colaboração inteiramente feminina a ganhar o Grammy de Gravação do Ano. E seria apenas a segunda música de hip-hop a vencer como Gravação do Ano, dois anos depois de Childish Gambino com ‘This Is America’”, pontua o artigo da revista.

Caso “Brown Skin Girl” realmente vença a categoria de Melhor Clipe, isso dará à filha de Beyoncé e Jay-Z, Blue Ivy, um Grammy. A filha do casal de artistas completou nove anos na nesta quinta-feira (7).

NÃO VEM MAIS

De acordo com informações da revista Rolling Stone, a cerimônia do Grammy 2021, que aconteceria dia 31 de janeiro, foi adiada por conta do crescimento de casos de Covid-19 nos Estados Unidos. Diversas fontes do veículo afirmaram que a equipe responsável pela organização do evento, a Academia de Gravação, estuda transferir a data da premiação para algum dia de março.

Os artistas indicados não teriam sido autorizados no local, o que provavelmente levaria a uma situação semelhante ao Emmy 2020, onde os indicados apareceram e aceitaram prêmios à distância. As indicações da edição foram anunciados em dezembro do ano passado, e conta com nomes como Beyoncé, Lady Gaga, Taylor Swift e Dua Lipa como favoritos.

GOLPE DE MARKETING?

Harry Styles e Olivia Wilde causaram o maior rebuliço nas redes sociais depois que foram flagrados de mãos dadas. Mas, o suposto romance entre os dois não agradou a todos e diversos fãs do cantor começaram a sugerir justificativas para os cliques. Uma delas diz que tudo não se passa de uma jogada de marketing.

Os dois foram fotografados enquanto saiam do casamento de um amigo em comum, o ex-agente do One Direction. De acordo com uma fonte da revista People, os dois estão namorando oficialmente há “algumas semanas” e não esconderam a afeição durante a cerimônia.

No entanto, para os admiradores de Harry Styles, os dois estariam fingindo um relacionamento como estratégia de marketing para o filme “Don’t Worry Darling”, em que estão trabalhando juntos – o britânico faz parte do elenco, enquanto Olivia Wilde dirige o longa. Nesta terça-feira (5), o nome do empresário de Harry, Jeff Azoff, foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter. Os internautas acreditam que o suposto plano de divulgação do filme foi ideia dele. Será?

FILHO DE PEIXE

Com poucos dias de diferença, Nicki Minaj e Beyoncé, resolveram mostrar os rostos dos seus herdeiros nas redes sociais. Gente como a gente, só que bilionária, Beyoncé, Jay-Z e seus filhos, estão curtindo as férias na praia, com direito a Queen enterrada na areia. Já em outras fotos, os gêmeos Sir e Rumi, de 3 anos aparecem usando peças da grife Ivy Park da mamãe.

Além de Sir e Rumi, Beyoncé e o marido, Jay-Z, também são pais de Blue Ivy, de 8 anos. Já Nicki Minaj deu as boas-vindas ao seu primeiro filho com o marido Kenneth Petty em outubro, mas nas primeiras semanas de sua vida ela manteve o bebê fora dos holofotes.

Embora ela ainda não tenha revelado o nome do filho, a rapper postou fotos do pequeno em seu Instagram. Nicki Minaj compartilhou fotos do bebê de dois meses vestindo baby-gros da Fendi, Versace, Gucci e Burberry, bem como uma pulseira de diamantes, um relógio enorme e uma corrente estampada com seu apelido, Papa Bear.

Nicki Minaj fotos do filho

E POR HOJE É SÓ!

O jornalista e crítico da APCA, José Norberto Flesch, publicou em suas redes sociais uma lista com os cem shows mais pedidos pelos fãs. Numa votação que contou com 33 mil pessoas, Rihanna e Bruno Mars apareceram no Top 10 de votação mesmo sem grandes lançamentos nos últimos anos. Chama atenção ainda a presença dos grupos gigantes RBD, BTS e Blackpink nas primeiras posições. Vale lembrar, que nos Estados Unidos, empresários de alta cúpula das empresas de entretenimento planejam shows ao ar livre para o segundo semestre no país.

Confira abaixo:

E POR HOJE É SÓ! BOA SEMANA!

Fernando Berenguel

(Com a colaboração de Fernanda Dias, Louise Barbosa e Bruno Barros)

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha e opinião do site e do portal UOL