Em momento apagado na carreira, Ivete Sangalo precisa de um hit rapidamente

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

FERNANDO BERENGUEL

COLUNA DROPS

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem algum dia já foi rainha realmente não perde nunca a majestade? Esta é a pergunta que muita gente deve estar se fazendo a respeito de Ivete Sangalo. Ou será que você se lembra, qual foi a última vez em que balançou os pézinhos ou cantarolou uma música nova do repertório da rainha baiana…consegue lembrar? Com um mercado de 2020 competidíssimo no filão feminino do pop com a reentrada de Manu Gavassi no jogo, sobrou pouca chance para qualquer cantora que não tenha emplacado uma música na boca do povo.

Que o dirá Ivete. Apesar de highlights recentes na carreira como uma divertidíssima live na Rede Globo além de um medley caprichado no prêmio Multishow, a cantora foi completamente ofuscada por ídolos femininos entre o público jovem. E todo mundo sabe que são os jovens que conduzem a cultura pop década após década. O que Ivete poderá fazer para competir agora com nomes como Ludmilla, Claudia Leitte e principalmente por Anitta, que do ponto de vista social, conduziu muito bem sua carreira na pandemia, orientando os fãs sobre polîtica, privilégios e protestando contra as medidas ineficazes do governo federal. Quais serão as apostas de Ivete para o ano que se inicia?

Mas os “zamuris” de Ivete podem argumentar que os hits da matriarca baiana seguem tocando a torto e direito nas rádios pelo país. Bem, tal fato não chega a ser muito lá verdade. Apesar de ter lançado o clipe mais criativo da quarentena em 2020, Ivete não chegou nem a entrar no Top 10 entre as cantoras mais tocadas nas rádios pelo país no ano que passou. Ivete, aliás, foi superada no gênero axé pela colega Claudia Leitte e também pelas “novatas” da música brasileira Yasmin Santos e Giulia Be.

Ivete segue distante de todos os mandos e desmandos do governo na pandemia. Está em seu papel como sempre bradou aos quatro ventos. Apesar de ter flertado com posicionamentos mais firmados nos governos Lula e Dilma, a artista segue optando por ficar neutra em questões políticas mesmo, nestes tempos em que a política bate à porta.

O grande problema é que as recentes parcerias tão engajadas de Ivete com rappers, funkeiros e cantores LGBTs não rendeu nenhum barulho nas suas bolhas e, pelo jeito, nem ganhou divulgação da gravadora Universal. Diante de tudo isto, além da live de Carnaval que vem preparando e dum possível feat com Zezé Di Camargo e Luciano no especial de 30 anos da dupla, o que os fãs de Ivete podem esperar da cantora? Quem algum dia já foi rainha realmente não perde nunca a majestade?

NOVATA EM PORTUGAL

Após fechar sua divulgação por aqui com a Melina Assessoria (mesmo time por trás de Luisa Sonza e Pabllo Vittar), a cantora Giulia Be começa a colher frutos na Europa. Inesquecível”, sua parceria com Luan Santana, está prestes a conquistar a primeira posição no ranking de músicas mais ouvidas no Spotify de Portugal.

A romântica canção não conseguiu emplacar aqui no Brasil, alcançando apenas a 87º posição. No entanto, em Portugal, está bem perto de conseguir o incrível feito. Na atualização do ranking desta terça-feira (5), a música aparece na segunda posição, com 23,918 streams. O primeiro lugar pertence ao rapper português Yuri NR5, com o hit “São Paulo”, mas a diferença entre as músicas é pouca: apenas 2266 reproduções.

Falando de outro assunto envolvendo a cantora, basta uma pequena busca no Twitter pelos dizeres Giulia Be e Paulo Marinho para que se descubra que a família da artista teve um possível peso nas fake news que teriam colaborado para a vitória de Bolsonaro em 2018. Resta saber, se a artista em algum momento irá se manifestar sobre o antigo aliado de seu pai, o empresário Paulo Marinho. Certamente ela em algum momento poderá ser cobrada sobre isto.

TRIÂNGULO

O triângulo amoroso mais inusitado dos últimos tempos segue rendendo na web. Estamos falando de Kanye West, Kim Kardashian e a cantora drag Jeffree Star. Pois bem, após toda web ficar sabendo da suposta traição, a drag entrou na onda e debochou com uma foto fazendo carão: “Estou pronto para o Sunday Service”, escreveu ele. ‘Sunday Service’, seria uma maneira de debochar falando que está pronto para rezar aos domingos nos cultos do músico. Vale ressaltar que Kanye é cristão fervoroso.

O nome de Star começou a ganhar relevância em meados dos anos 2000, na rede social MySpace. E, em 2009, ele aproveitou a fama na plataforma de comunicação para iniciar uma carreira musical. Jeffree lançou um álbum chamado Beauty Killer e, um ano mais tarde, assinou com a gravadora do músico Akon, a Konvict Muzik. Mas Star nunca lançou mais música.

JÃO NO BBB

Na manhã desta quarta-feira (06), o colunista Leo Dias, afirmou que o cantor Jão foi confirmado como uma das celebridades que estará no grupo ‘Camarote’, na nova edição do BBB. A julgar pelos nomes ventilados na mídia, existe uma iniciativa da direção do programa em tentar preencher os nomes desta edição com cantores e não com cantoras como foi no BBB20.

Contudo, parece que não passou de mais um nome em vão citado pelo jornalista. O site POPline procurou a assessoria do cantor, que negou a participação dele, falando que Jão está envolvido em um projeto enorme, que promete chocar os fãs.

O desmentido é uma pena. Para ele mesmo. Jão segue em xeque na carreira após a jornalista Fábia Oliveira revelar que o músico estaria com problemas de saúde após enfrentar uma suposta briga com sua gravadora Universal Music. Segundo a jornalista, a gravadora estaria tentando fazer com que o cantor dê 30% de todos os seus ganhos em troca de prioridade – mas normalmente, o máximo que essa porcentagem pode chegar é a 10%.

Enquanto a Universal insiste para que o prodígio aceite o acordo, ele se opõe a qualquer pedido. Segundo Fábia, ele até estava enfrentando problemas psicológicos por conta deste impasse ocorrido em 2020. Renan Augusto, empresário de Jão, relatou para a coluna ainda em novembro: “Estamos em um momento de renegociação do contrato do Jão com a Universal para uma expansão de carreira e projetos no próximo ano“.

Vale lembrar, que Jão tem uma caprichadíssima música com Anita vazada ilegalmente antes da hora que poderia muito bem ganhar uma nova roupagem e ser lançada, num momento mais barulhento da carreira. Ao contrário de ícones LGBTs contemporâneos como Pabllo Vittar, Ludmilla e Maria Gadu, a verdade é que nomes como Jão ou ainda Silva nunca conseguiram fazer muito barulho fora das suas bolhas. A oportunidade pode estar aí.

CADÊ LUD?

Na madrugada desta terça-feira (5), Snoop Dogg usou sua conta no Instagram para comemorar as 100 milhões de visualizações do clipe de “Onda Diferente” no YouTube. No entanto, a celebração não agradou os fãs de Ludmilla, já que o rapper voltou a ignorar a participação da funkeira no projeto. A imagem compartilhada trata-se de uma montagem feita por um fã-clube de Anitta e mostra apenas a malandra, Snoop Dogg e Papatinho, excluindo Ludmilla – que compôs o hit e é interprete da música.

Importante destacar que o ano de 2021 promete ser um dos melhores anos na carreira de Ludmilla que tem série na Globo estreando em fevereiro, irá sentar na cadeira do The Voice nos próximos dias e também tem uma parceria confirmada pra sair com ninguém menos que Cardi B. Vale lembrar que nos anos de 2019 e 2020, Lud subiu ao palco para receber os prêmios de Música do Ano consecutivamente por “Onda Diferente” e “Verdinha”.

PREVENDO A PRÓPRIA MORTE

“Lazarus”, produção musical de David Bowie será transmitida em streaming pago entre os dias 8 e 10 de janeiro, com ingressos disponíveis para as cidade Sydney, Paris, Londres e Los Angeles.

O musical foi escrito pelo Camaleão do Rock, em parceria com o dramaturgo irlandês Enda Walsh, e chegou a ser apresentado pela primeira vez no final de 2015.

A obra é inspirada no romance The Man Who Fell to Earth, que foi adaptado para a TV em 1976, com o próprio David Bowie como protagonista. Além de contar hits do astro, como “Changes,” “All The Young Dudes,” “Heroes” a trilha sonora do filme teve canções escritas por ele.

O enredo de enredo “Lazarus” acompanha o protagonista anos após os acontecimentos de The Man Who Fell To Earth. Incapaz de morrer, o alienígena mergulha no desespero e no vício em álcool, assombrado por uma jovem menina e ameaçado por um perigoso perseguidor.

A obra, escrita um ano antes da morte de David Bowie, chamou a atenção por semear pistas sobre o câncer no fígado do cantor e sua atitude filosófica em relação a morte. Infelizmente, o musical não estará disponível para todos os países, mas você pode conferir uma das cenas abaixo:

FIOS BRANCOS

Estresse realmente deixa cabelos brancos. É o que afirma uma pesquisa da Universidade de Harvard divulgada em janeiro de 2020. O estudo que reafirma o que já se desconfiava foi realizada por cientistas de Harvard com participação do brasileiro Thiago Mattar Cunha, professor da FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo). Para ilustrar tal pesquisa, o Observatório de Música optou por publicar a seguinte e sugestiva imagem abaixo. Obrigado pela leitura e uma boa semana!

E POR HOJE É SÓ! BOA SEMANA!

Fernando Berenguel

(Com a colaboração de Fernanda Dias e Louise Barbosa)

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha e opinião do site e do portal UOL

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio