Será que Jojo Todynho vai se inspirar em Lizzo quando sair da Fazenda?

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fernando Berenguel

COLUNA DROPS

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a melhor audiência nos últimos dez anos, A Fazenda 12 se encaminha para sua finalíssima que rola na próxima quinta (dia 17). Importante lembrar que ao contrário do frenesi musical causado pelo BBB20 que a esta altura já tinha emplacado “Don’t Start Now” no topo das paradas brasileiras e principalmente na boca do público, nesta edição do reality rural nenhum dos cinco músicos participantes conseguiu “vender seu peixe” aqui fora como Manu Gavassi.

No decorrer de sua participação no programa, vale lembrar, Manu lançou um clipe chique e muito bem produzido com a diva fashionista Constanza Pascolato, monopolizou numericamente discussões nas redes sociais (despontando na parada social da Billboard) e chegou a agendar shows de uma turnê de retorno (que inevitavelmente acabou sendo adiada).

Além disso, a estratégia multimídia da “patricinha do BBB20” acabou se tornando referência para os próximos participantes de reality no país, com o inevitável fato de agora, dificilmente os produtores televisivos autorizarem empreitadas do tipo, tendo em vista a intenção das emissoras em monetizar com os ganhos nas redes sociais. Que o diga, a inovadora parceria da RecordTV com o aplicativo TikTok.

@afazendarecord

Dos mesmo criadores de “Roubaram Meu Cabelo”, vem aí “Roubaram Meu Copo” 🤣 #AFazenda12

♬ som original – A FAZENDA 12

Tendo em vista a repercussão do que Cartolouco fez, o bom senso sugere que talvez seja melhor evitar que as emissoras deixem na mão dos seus participantes o que eles quiserem publicar. Dito tudo isto, o que sobra? Resta a avalanche Jojo Toddynho que sairá do programa, causando muito mais abalos sísmicos, podendo reposicionar sua marca de “one hit wonder” para vencedora da Fazenda.

Além das caras, bocas e memes, e da tão comentada “quebra da quarta-parede” uma discussão desta Fazenda que também pintou nas redes sociais foi a comparação entre Lizzo, cantora norte-americana de R&B, e a cantora tupiniquim de “Que Tiro Foi Esse”. O que uniria e separaria as duas tão carismáticas cantoras pretas e gordinhas? Importante destacar que em relação a impacto cultural talvez Jojo Todynho ainda seja maior para a cultura tupiniquim do que Lizzo vem sendo para os norte-americanos.

A favorita ao prêmio da Fazenda, foi responsável pela música do Carnaval 2018, sem antes, emplacar dancinha com famosos globais (incluindo Luciano Huck) e assim consolidar um caminho de funkeiras pretas no mainstream antes percorrido por nomes como Deise Tigrona, Tati-Quebra Barraco e MC Kátia. Caminho este, enaltecido por Ludmilla, inclusive, na recente “Rainha da Favela”.

O impacto de Lizzo talvez passe por lados mais comportamentais e políticos, questões que podem ser um caminho interessante para uma porta-voz como Jojo abraçar ainda mais no pós-Fazenda. A onda empoderada do chamado ideal body positivity nunca esteve tão em alta. Já em termos políticos, a questão que fica é a seguinte: para que lado Jojo vai assim que provavelmente sagrar-se vencedora da Fazenda?

Irá a funkeira para “o lado mais democrata”, como o da sua colega Lizzo, que enaltece as diferenças e propõe um “progresso” nas visões tradicionalistas de mundo, abraçando novas ideias e empoderando, muitas vezes, tipos que costumam ser esquecidos socialmente. Ou será, que Jojo continuará optando pela aparente neutralidade ou até por um posicionamento daquele “negro pródigo conservador” tipo o de Kanye West?

Vale lembrar, que a cantora optou por passar silenciosamente pelas fatídicas eleições 2018, chegando a sugerir um flerte com o bolsonarismo e chegando também, até a estrelar propaganda para a prefeitura do pastor Crivella na área da educação.

Quais serão os caminhos escolhidos por Jojo Todynho após sua provável vitória na Fazenda? E perguntar não ofende: será que tem como alguém filmar sua reação quando a funkeira descobrir que o Crivella perdeu feio nas eleições municipais?

(Reprodução Record TV)

CADÊ VÍDEOS?

Em agosto, foi noticiado pela jornalista Fábia Oliveira, que Mariano, um peão que teve postura bastante neutra no jogo da Fazenda, possuiria uma estratégia digital de conteúdo devidamente planejada para ser colocada em prática no decorrer de sua participação no programa.

Segundo a jornalista do veículo O Dia, Mariano pretendia seguir os passos de Manu Gavassi, no ‘BBB20’, e produziu diversos vídeos gravados para que fossem usados para atualizar suas redes sociais aqui do lado de fora enquanto estivesse confinado. Mariano gravou todo conteúdo em dois finais de semana e os vídeos seriam compartilhados pelos administradores dos perfis do músico diariamente. Mesmo assim, nada acabou vindo a público. O que será que rolou?

É DAS LOIRAS QUE ELES GOSTAM MAIS

O ano de 2020 vai se encerrando e em se tratando de estreias no Spotify – a maior plataforma de streaming do mundo -, dois nomes seguem dominando a lista: Taylor Swift Ariana Grande. Mundialmente, as duas artistas conseguiram figurar em oito posições no top 10 da plataforma. Além delas, apenas Billie Eilish aparece na lista. Confira:

1. Ariana Grande – “7 rings” – 8.5 milhões
2. Taylor Swift – “ME!” – 7.94 milhões
3. Taylor Swift – “Look What You Made Me Do” – 7.90 milhões
4. Taylor Swift – “cardigan” – 7.7 milhões
5. Ariana Grande – “positions” – 7.6 milhões
6. Ariana Grande – “break up with your girlfriend, i’m bored” – 7.5 milhões
7. Taylor Swift – “the 1” – 7.4 milhões
8. Billie Eilish – “No Time To Die” – 7.1 milhões
9. Billie Eilish – “bad guy” – 7 milhões
10. Taylor Swift – “exile” – 6.97 milhões

Já nos Estados Unidos, a loira Taylor Swift ocupa sete posições no top 10, a grande maioria com o álbum “folklore”. Ariana Grande ocupa as três posições remanescentes. Confira:

1. Taylor Swift – “the 1” – 4.18 milhões
2. Taylor Swift – “cardigan” – 3.94 milhões
3. Ariana Grande – “7 rings” – 3.85 milhões
4. Taylor Swift – “exile” – 3.83 milhões
5. Taylor Swift – “Look What You Made Me Do” – 3.83 milhões
6. Taylor Swift – “ME!” – 3.58 milhões
7. Ariana Grande – “break up with your girlfriend, i’m bored” – 3.5 milhões
8. Taylor Swift – “the last great american dinasty” – 3.35 milhões
9. Taylor Swift – “my tears ricochet” – 3.2 milhões
10. Ariana Grande – “thank u, next” – 3.03 milhões

Resta saber como ficarão os charts após os lançamentos recentes das artistas que incluem os discos lançados de surpresa, Positions (Ariana Grande) e “Evermore”, lançado por Taylor na última semana. Agora é aguardar os dados consolidados do Spotify para ver se Ariana consegue encostar um pouquinho mais na “loirinha topo das paradas”.

BOMBANDO NO GOOGLE

No ano em que completa uma década de carreira, Anitta teve uma surpresa incrível. A musa carioca bateu grandes nomes, se tornando a sétima artista latina mais pesquisada globalmente no Google em 2020. A morena que conquistou Miley Cyrus ficou na frente de grandes nomes, como J Balvin, Rosalía, Pitbull, Marília Mendonça, Ricky Martin e muito mais. As duas estrelas mais pesquisadas foram Shakira e Jennifer Lopez.

E pelo jeito, Anitta pode subir mais um pouco na tabela! A cantora que sempre é bastante criticada a cada passo que dá na carreira, está prestes a lançar sua nova série na Netflix onde aparece chorando, gritando e perdendo as estribeiras. Sabe aquele chavão óbvio do “não existe má publicidade?”. Pois bem! Com promessa de muita histeria, a nova produção chamada “Made In Honório” estreia no próximo dia 16 (quarta-feira). Preparem os ouvidos!

PANELA VELHA

Dois dos maiores players musicais da década de 90, a princesa do pop Britney Spears e a boyband Backstreet Boys já começam a colher os frutos de sua inusitada colaboração musical.

Aqui no Brasil, a faixa “Matches” alcançou o topo do Itunes logo no dia de estreia (11). “Charteando” pelo seu quarto dia no mercado nacional, a canção figura no Top 5 da parada digital, a frente de medalhões da música sertaneja e do funk nacional.

Rivais na década de 90, vale lembrar que tanto a boyband quanto Britney Spears tiveram o mesmo padrinho musical, o lendário hitmaker sueco Max Martin produtor de hits como “Baby One More Time” e “I Want It That Way”. No ano passado inclusive, um musical dedicado ao magnata da música trazendo hits de Britney e dos Backstreet Boys foi lançado no mercado teatral europeu. Pelo jeito, os discípulos quarentões do mago do pop prometem fazer muito barulho ainda!

TRIÂNGULO AMOROSO

Nos últimos tempos, Gabi Martins esteve envolvida em uma polêmica após ser apontada com pivô do divórcio do cantor Tierry.  E neste sábado (12) aconteceu a segunda edição do Boteco Prime, que contou com a presença dos dois. Segundo informa Erlan Bastos para sua coluna no Observatório dos Famosos, quem também estava na evento, era o ex-BBB e ex-affair da loira, Gui Napolitano.

Porém, o modelo parece não ter curtido estar no mesmo ambiente que Tierry e Gabi Martins. O colunista afirma que ele deixou a festa por volta de 22h. E sorte dele! Pouco tempo depois dele ir embora, cantor Zé Felipe confirmou o romance entre os cantores.

Mesmo sem ouvir o que o filho de Leonardo disse, ele ficou triste durante o evento. De acordo com Erlan Bastos, fontes afirmam que ele estava abalado e triste porque não sabia dessa aproximação dos artista, já que quando ele questionava a cantora, ela negava.

DEU ZEBRA!

A segunda temporada do reality show “O próximo Nº1 Villa Mix” – que tem a pretensão de apontar quem será o sertanejo do momento – chegou ao fim na noite deste sábado (12). Por meio da votação popular aberta no site oficial do evento, 31% dos internautas elegeram Jorge Augusto e Raffael do time Luan Santana. Além do prestígio, os vencedores receberão um ano de patrocínio da Brahma, um carro zero km, entre outros benefícios da marca de cerveja e do próprio Festival.

Contrariando as expectativas para a final, o cantor Belluco era apontado como um dos favoritos. Representando o time de Gusttavo Lima, o artista cravou seu espaço na atração após “duelar” com a dupla Rayane e Rafaela e ser eleito o preferido do público com 63% dos votos.

A derrota de Belluco inclusive gerou algumas reclamações nas redes sociais. Muitos internautas apostavam que o sertanejo era quem merecia vencer. Votação popular tem dessas né? Ganha quem tem mais lobby e carisma e não necessariamente o melhor…

E EU VOU FICANDO POR AQUI! ABRAÇOS E BOA SEMANA 🙂

Com a colaboração de Bruno Luis Barros e Louise Barbosa

(Fernando Berenguel)

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha e opinião do site e do portal UOL

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio