Maluma
O cantor colombiano Maluma (FOTO: Divulgação)

O cantor colombiano Maluma divulgou nesta quarta-feira (dia 8), a capa de seu novo single intitulado “Mala Mía” . Através das redes sociais, o artista publicou a imagem do single e avisou: “lançamento mundial nesta sexta-feira, 10 de agosto”. O problema é que além da arte ter sido considerada machista por diversos internautas, ela também têm erros grotescos de edição.

Confira abaixo:

#MalaMia Lanzamiento mundial este viernes 10 de agosto

Uma publicação compartilhada por MALUMA (@maluma) em

Na imagem divulgada, Maluma aparece descamisado rodeado por sete mulheres que estão usando apenas lingerie.

VEJA TAMBÉM: “Há algo de retrô nela” afirma Dua Lipa sobre nova música feita com produtor de Amy Winehouse

Vergonha. Mulheres como objeto sexual de novo”, escreveu uma internauta. “Meu Deus, isso é uma aberração, você só se dedica a degradar as mulheres, é um imprestável, e a Sony é uma tola”, criticou outra. “Tudo tem limite. Até mesmo no reggaeton. Isso me parece uma demonstração óbvia de machismo. De mau gosto”, afirmou mais uma. “Você vai lançar música ou mulheres?”, comentou outra usuária de redes sociais.

Além das críticas sobre o conteúdo supostamente machista, a arte também recebeu diversos comentários negativos nas redes sociais por causa das posições e detalhes improváveis envolvendo algumas partes dos corpos das modelos.


Com tantos corpos entrelaçados, quase não se nota que um dos braços de uma modelo simplesmente desaparece da arte.

Já em outra região da imagem, uma “mãozinha” surge entre duas mulheres, sendo difícil entender de qual modelo seria aquele membro.

Já em outro momento da imagem, um braço completamente contorcido aparece entre duas mulheres desafiando os limites da anatomia e do esqueleto humano.

Por fim uma perna totalmente retilínea cujo as gordurinhas foram retiradas possivelmente no Photoshop, ficou com um traço quase que geométrico.