beyoncé
(FOTO: Divulgação)

Beyoncé e Jay Z prepararam uma edição especial da turnê “On The Run II” especialmente para o Global Citizen Festival ocorrido na África do Sul, no domingo (dia 2). Durante o evento que comemorou o centenário de Nelson Mandela e ocorreu em Johannesburgo, apresentação, a cantora deu um novo toque político à música “Formation”. A cantora preparou uma colorida performance em homenagem à comunidade LGBTQI+, que enfrenta dificuldades por causa da legislação conservadora no continente africano.

Vale lembrar que ainda 32 países da África continuam a enquadrar a homossexualidade como crime, com as mais variadas punições. Elas vão desde de uma simples multa até a prisão perpétua ou ainda a pena de morte. Os países com os casos mais extremos são a Nigéria, Sudão e a Somália. Na apresentação, Beyoncé levou ao palco o arco-íris – símbolo da comunidade LGBTQI+. A cantora e suas dançarinas fizeram a performance vestindo figurinos cada um de uma cor do arco-íris. Veja o vídeo:

VEJA TAMBÉM: Discurso da mãe de Pabllo Vittar no Programa Eliana é assunto na web

Lançada ainda em 2016 com uma apresentação grandiosa no Super Bowl, “Formation” sempre foi tratada como um protesto contra a discriminação racial e a brutalidade policial envolvendo afro-americanos.

Ainda no Global Citizen, Beyoncé se reuniu pela primeira vez com Ed Sheeran para um dueto da música “Perfect”.

Assista também o pocket show que Beyoncé e Jay Z fizeram da turnê “On The Run II”.

Em determinado momento do show, a cantora e Jay Z dividiram palco com Pharrell Williams. O trio cantou junto a música “Nice”, do álbum “Everything Is Love”. Pharrell é co-autor e co-produtor da faixa. Confira: