taylor swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

O pai de Taylor Swift, Scott Swift, teve uma luta corporal com um ladrão dentro de sua cobertura de 4 milhões de dólares na Flórida no dia 17 de janeiro, de acordo com informações do Tampa Bay Times. Scott Swift chegou em sua residência perto das 22h e encontrou Terrence Hoover, de 30 anos, perambulando por seu apartamento, segundo registros policiais citados pelo jornal na última segunda (dia 17).

Hoover, que escapou do local depois da briga, chegou a subir 13 andares numa escada de emergência para acessar o apartamento e, depois, inclusive telefonou para polícia para relatar a briga com o pai da cantora. Os policiais do condado de Marion conseguiram localizar Hoover e lhe prenderam por acusações de roubo nesta segunda-feira. O suspeito segue detido e poderá sair da prisão mediante o pagamento de fiança estimada em 50 mil dólares.

A mãe de Hoover afirmou ao jornal que seu filho se perdeu enquanto “procurava por igrejas”. “Ele estava perdido e deveria ser acusado de apenas invasão”, disse a mãe dele, Donna DeNapoli. O invasor, porém possui uma longa ficha de delitos, incluindo acusações de violência doméstica por estrangulamento, agressão grave, roubo, assalto a mão armada e também sequestro.

Segundo o portal Page Six, não foram dados detalhes sobre o real objetivo do invasor e se Hoover estaria querendo encontrar Taylor Swift, já que a cantora de ‘Shake It Off’ não vive com o pai.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Vale lembrar que, uma das casas de Taylor em Tribeca foi arrombada duas vezes por um stalker chamado Roger Alvarado. O invasor foi condenado a até quatro anos de prisão em abril. Um terceiro fanático, David Page Liddle, chegou a ser preso em frente à mansão da cantora em Rhode Island, em julho.