whitney houston
A cantora norte-americana Whitney Houston (FOTO: Reprodução)

Na manhã de quarta-feira (dia 19), os fãs britânicos de Whitney Houston ficaram chocados quando um holograma minimamente bizarro da falecida cantora foi apresentado pela primeira vez num programa televisivo.

A nova tecnologia que foi usada para trazer de volta a legendária estrela do filme “O Guarda-Costas” também foi usada para ressuscitar o rapper Tupac em 2012, mas desta vez acabou tendo uma repercussão histericamente negativa nas redes sociais.

VEJA TAMBÉM: Letra de nova música da Anitta causa ao abordar uso de drogas sintéticas 

Inúmeros internautas massacraram o holograma de Whitney Houston após uma apresentação do clássico “Greatest Love of All” no programa “This Morning” do canal ITV. Os apresentadores Eamonn Holmes e Ruth Langsford também pareceram um pouco desconfortáveis durante a performance e ao fim da apresentação, muitos telespectadores fizeram críticas ferrenhas à tecnologia usada para recriar a aparência da cantora.

“É muito perturbador”, escreveu um espectador. “E muito triste.” Outro acrescentou: “Acho que esperava que ela parecesse mais real”. A dupla de apresentadores, no entanto, teve uma visão mais positiva da aparência do holograma. Eamonn disse aos telespectadores que, pessoalmente, parecia que a diva de “I Will Always Love You” havia ido parar em “sua sala”.

Mesmo enfrentando fortes argumentos de oportunismo por parte dos fãs, a empresa responsável pelo holograma de Whitney Houston já anunciou que a imagem da cantora está prestes a embarcar em sua própria turnê pelo Reino Unido. As apresentações, inclusive, contarão com o apoio total da família da falecida artista. Confira o vídeo com um trecho da apresentação abaixo:

Whitney faleceu em 11 de fevereiro de 2012 depois de se afogar em uma banheira em seu quarto de hotel antes do Grammy Awards. Várias drogas, incluindo Xanax e cocaína, foram encontradas em seu organismo e sua morte foi mais tarde considerada um acidente. O Metro conversou anteriormente com Fatima Robinson, diretora da próxima turnê do holograma da cantora sobre o polêmico empreendimento.

Eu entendo a sensibilidade [dos] seus grandes fãs”, disse a diretora da Base Hologram. “Existem críticos por aí que não acreditam que essa tecnologia deva ser feita, mas essa tecnologia é o futuro e é uma das razões pelas quais eu assinei“. No último dia 11, foram completados oito anos desde o falecimento da cantora.