eduardo costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

Eduardo Costa surpreendeu os fãs ao publicar um vídeo alfinetando o governo de Jair Bolsonaro, após ter feito campanha pela vitória do militar reformado nas eleições de 2018.

No registro, o músico mineiro criticou famosos como os apresentadores Luciano Huck e Rodrigo Faro, que apesar de serem milionários se limitaram a simplesmente bater palmas para os médicos, ao invés de anunciar ajudas diretas e financeiras ao sistema público de saúde. A seguir, o músico criticou o presidente, cobrando por um reconhecimento maior a funcionários públicos como médicos e professores. “Meu querido Bolsonaro. Eu já falei tanto de você…”, começou, desapontado.

VEJA TAMBÉM: Eduardo Costa detona Faro e Huck em meio ao coronavírus: “Hipócritas”

“Se você quiser fazer uma coisa boa para esse país, faça o favor a seus eleitores: reconheça o valor dos heróis desse país. Você sabe quem é herói nesse país? Herói no país é enfermeiro, é médico, é bombeiro, é polícia, é professor”, disse. “Dê autoridade para o professor”, acrescentou. Ao comentar sobre a atitude pouco efetiva socialmente dos famosos, o músico debochou: “Tem um monte de apresentador rico e com dinheiro sobrando no conforto dos seus lares que estão batendo palma”.

“Bater palminha na frente da internet pra fazer graça pra seguidor não adianta porcaria nenhuma. Isso não põe comida na mesa. Isso não (lhes) dá um carro bom. Isso não paga escola dos filhos deles, não”, disparou. “Hipócritas para um caralho. Vou falar para vocês: palminha não enche barriga”, acrescentou o astro sertanejo, que segundo o Fofocalizando, do SBT tem intenção de doar nada menos que R$ 2,5 milhões para o Sistema Único de Saúde (SUS).