Naomi Munakata
A musicista e maestrina Naomi Munakata (FOTO: Reprodução)

A regente Naomi Munakata faleceu aos 64 anos nesta quinta-feira (dia 28) na capital paulista. A maestrina seguia internada há uma semana, após ter testado positivo para a Covid-19. Atualmente ela trabalhava no Coral Paulistano Mário de Andrade do Teatro Municipal. O falecimento foi confirmado pela revista “Veja São Paulo” juntamente da assessoria do teatro.

Japonesa, Naomi nasceu em Hiroshima e veio para o Brasil quando tinha somente dois anos de idade. Multi instrumentista, Naomi estudou piano, violino e arpa e acabou se formando em composição e regência na Faculdade de Música do Instituto Musical de São Paulo.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é csm_Naomi-Munakata-divulgacao_cf86bb99e1.jpg
(FOTO: Divulgação)

Chegou a dirigir a Escola Municipal de Música de São Paulo e durante duas décadas regeu o Coral da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp.

Nos últimos dias, Naomi apresentou melhora no quadro clínico porém, na noite de quarta-feira (dia 25), acabou apresentando séria piora. Integrantes do teatro afirmaram ao jornal O Globo que a musicista tinha problemas respiratórios e apresentou uma deterioração “abrupta e inesperada do quadro clínico durante a noite”. A delicada situação acabou evoluindo para um quadro conhecido como choque séptico. Próximo ao meio-dia desta quinta-feira (dia 26), a musicista não resistiu e veio a óbito.

Naomi Manukata, regente titular do Coral Paulistano, em foto recente no Theatro Municipal de SP Foto: Divulgação/Prefeitura de SP
(FOTO: Divulgação)

Vale lembrar que na última semana, O Globo tinha revelado que dois integrantes do Coral Paulistano, ambos com mais de 60 anos, tinham testado positivo para o novo coronavírus. Agora foi informando que Naomi foi a segunda regente falecida nesta semana em decorrência da pandemia — ontem, morreu o maestro Martinho Lutero Galati, aos 66 anos de idade.

Lutero tinha retornado da Itália há duas semanas e nos dias 13 e 14 de março chegou a reger shows pela comemoração dos 50 anos do Coro Luther King, que ele mesmo criou. Ele foi diretor artístico do Coral Paulistano, do Theatro Municipal de São Paulo, entre 2013 e 2016.

VEJA TAMBÉM: DJ morre aos 44 anos após ser diagnosticado com coronavírus

Em novembro de 2018, em uma das suas últimas entrevistas, Naomi conversou com uma equipe da TV Brasil onde comentou sobre os preparativos dos seus músicos para uma apresentação especial do Coral Paulistano no Mosteiro de São Bento.