Justin-Bieber
O cantor canadense Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

Justin Bieber comunicou nos últimos dias que oito dos 45 shows anunciados para a turnê mundial “Changes” seriam realocados de estádios para arenas. A razão alegada foram “circunstâncias imprevistas” e o portal TMZ vinculou a decisão ao surto do coronavírus.

Agora a revista Forbes publicou uma reveladora matéria nesta terça (dia 10), apontando que a real causa seria a baixa venda de ingressos. O veículo justifica que a mais nova turnê do cantor já estava “condenada (ao fracasso)” desde o começo.

Turnês de estádio são um risco para quase todo artista, especialmente popstars que não lançam um álbum há cinco anos. A medida que a turnê se aproxima, Justin enfrenta dois desafios: o primeiro é ocupar os lugares – muitos ainda disponíveis – e o segundo é corrigir a narrativa de que sua turnê é um fracasso”, aponta a Forbes.

A matéria afirma que os argumentos do TMZ, de que os temores pelo coronavírus terem prejudicado as vendas dos ingressos não é real. O BTS, vale lembrar, anunciou uma turnê nova poucos dias após Justin Bieber e segue com ingressos quase esgotados para 15 shows em estádios da América do Norte.

A Forbes aponta ainda que a equipe do popstar teria cometido uma série de equívocos neste retorno do cantor ao mundo da música. O time por trás do cantor teria errado ao agir como se os três últimos anos de pausa na carreira de Bieber não tivessem ocorrido.

Vale ressaltar que a nova turnê de Justin Bieber foi anunciada antes mesmo do lançamento do novo disco, apostando apenas na força do retorno de Justin Bieber.

com seu single inicial, o novo disco do cantor, o projeto“Changes”, não agradou o público como esperado, vendendo menos que “Purpose” (2015) em seu lançamento e recebendo críticas pesadas.

Ainda segundo a Forbes a arrojada estratégia da equipe de Bieber “não seria realista”, de acordo com o veículo. “Com exceção de BTS e Taylor Swift, poucos artistas pop podem agendar shows em estádio de forma confiável, não importa quantos álbuns venderam ou quantos singles nº1 tenham. Drake, Post Malone, Ariana Grande e Harry Styles, todos optaram por arenas em vez de estádios em suas turnês recentes”, destacou a revista.

Confira as recentes alterações na agenda do cantor abaixo:

5 de junho Glendale, AZ Gila River Arena
27 de junho Houston Toyota Center (anteriormente 2 de julho)
28 de junho Dallas American Airlines Center (anteriormente 27 de junho)
11 de julho Nashville Bridgestone Arena
8 de agosto Columbus, OH Schottenstein Center
14 de agosto Indianapolis Rocket Mortgage Fieldhouse
21 de agosto Washington, DC Capitol One Arena
30 de agosto Detroit Little Caesars Arena (anteriormente 29 de agosto)