ladygaga
A cantora estadunidense Lady Gaga (FOTO: Divulgação)

Lady Gaga terá ficado horrorizada depois de descobrir que o seu pai tinha lançado uma campanha virtual pedindo ajuda de internautas para pagar os funcionários de seu restaurante em meio à pandemia do coronavírus.

O restaurante Joanne Trattoria, de Joe Germanotta, na cidade de Nova Iorque, teve de fechar as portas diante do surto da COVID-19 na cidade.

Mas o fechamento deixou a equipe de funcionários a enfrentar um futuro incerto, com a campanha do patriarca no site GoFundMe afirmando que o restaurante teve de despedir quase 30 funcionários até poderem voltar a abrir – mesmo com a filha de Joe tendo uma foturna avaliada em mais de 275 milhões de dólares.

Joe Germanotta escreveu no Twitter: “Estou a fazer o melhor que posso, mas tivemos de fechar a Joanne durante este mês”. O nosso pessoal precisa de alguma ajuda financeira. Qualquer ajuda para os nossos funcionários será apreciada”.

Porém uma Gaga horrorizada, alegadamente não sabia o que o seu pai, estava pedindo ao público que doasse 50.000 dólares para cobrir os salários dos seus funcionários.

A cantora, que faturou nada menos que 39,5 milhões de dólares em 2019, segundo a Forbes, alegadamente não tinha “nenhuma ideia” do seu pai fez o apelo público, de acordo com uma fonte PageSix.

VEJA TAMBÉM: Lady Gaga revela trauma após ter sido estuprada inúmeras vezes

Um informante próximo da estrela – cujo verdadeiro nome é Stefani Germanotta – disse ao site do jornal Mirror: “Ela não fazia ideia que ele estava a fazer isso e essa ideia teria sido abortada antes mesmo de ele trazer à tona – e o pior é que é o seu aniversário. Nem ela nem a [mãe] Cynthia deixariam isso acontecer. Foi ele agindo por conta própria, infelizmente, com um impulso muito negativo”. A fonte também afirmou que o Joe sabe que as suas ações foram um “erro estúpido”. “Foi um erro estúpido e embaraçoso”. Ele viu outras pessoas entrarem no espírito de doação e generosidade e, de alguma forma, pensou que isso se aplicava ao seu estabelecimento.

“Tinha mais a ver com o espírito do que uma crença de que ele precisava ou merecia ajuda financeira para passar para os seus empregados. Ele estava a agir por impulso”.

Antes da campanha ser removida no site beneficente, o anúncio na página GoFundMe trazia a seguinte mensagem: “O nosso incrível pessoal é composto principalmente por trabalhadores que dependem da nossa folha de pagamentos, e que vivem esmagadoramente somente de salário.

Como as nossas portas permanecem fechadas mais tempo do que o previsto, o nosso pessoal tem cada vez mais dificuldade em financiar suas necessidades diárias para os manter saudáveis, como mercearias e custos de seguros – para não falar das rendas, serviços públicos e outras faturas recorrentes”.

“Estamos a pedir à nossa comunidade Joanne Trattoria de vizinhos, amigos, família e fãs: Se gostou de nós no passado, se teve um encontro amigável com alguém do nosso incrível pessoal de serviço, ou mesmo se espera gostar de nós no futuro, ficaríamos muito gratos se considerasse fazer uma doação ao nosso pessoal para os ajudar a passar por este momento difícil”.

Joe e Gaga foram criticados nas redes sociais após o apelo, pois os críticos salientaram que tanto ele como a sua filha – que é parte proprietária do restaurante – possuem milhões de dólares.