valesca popozuda
A cantora Valesca Popozuda (FOTO: Divulgação)

Apesar de grandiosas produções com lives de nomes como Jorge e Mateus e Xand Avião, quem também acabou causando um burburinho no último fim de semana foi Valesca Popozuda com uma transmissão bem mais simplista e menos produzida.

Não esperava essa repercussão. Fiz uma coisa simples, até porque não tenho como produzir um cenário, trazer um DJ… Só peguei uma caixinha de som e me joguei. Me diverti muito, foi feito com muito amor. O importante é isso: levar entretenimento para todo o mundo”, celebrou Valesca numa entrevista para o UOL.

A live que contou com uma participação mais do que especial de Rita Cadillac, chegou a gerar muitos comentários quando a cantora se emocionou durante a performance de “Mama”, parceria do ano de 2013 lançada por Valesca com o saudoso Mr. Catra.

Apesar de muitas pessoas se divertirem com Valesca chorando enquanto o pagode picante tocava ao fundo, a artista garante que a emoção que sentiu naquele momento foi verdadeira. A amizade de Valesca e Catra é antiga e hoje, a funkeira relembra do amigo falecido com muito carinho.

VEJA TAMBÉM: Irmã gêmea? Garota idêntica à Anitta viraliza na web e ganha milhares de seguidores

A gente tinha uma conexão muito grande. Ele que estendeu as mãos para mim, lá atrás, na época da Gaiola. Me levava para fazer shows com ele”, revela. “Ele sempre se preocupou muito comigo. Se eu ficasse um mês sem falar com ele, já me procurava”, se recorda Valesca. “Muita gente até achava que eu era uma das várias mulheres que ele tinha!”, explica. “Mas eu sou muito ciumenta, e ele gostava do harém. Não combinaria nunca”, conta sobre o funkeiro que morreu em 2018.

Ainda de acordo com Valesca Popozuda, esta não é a primeira vez que ela se emociona ao som de “Mama”. “Nos shows, a galera se emociona comigo, porque lembro de um homem que representa muita gente. É muito difícil não me emocionar. Sinto ele presente, meu coração dispara, quase sai pela boca. Sinto a presença dele me dando luz”.

Sobre a carreira, Valesca revelou que assim que o período de isolamento social acabar, ela deseja voltar o quanto antes ao estúdio para gravar novas músicas. Após o lançamento do single Furduncinho, a artista precisou adiar a gravação e o lançamento de novas canções, por causa da pandemia que inclusive vem mexendo com sua saúde. “A cabeça começa a fervilhar. Não consigo dormir, fico a mil, troco o dia pela noite. Acho que já devo ter engordado uns quatro quilos, estou comendo muito”.

Sobre os planos após a quarentena, Valesca explica que pretende continuar tocando sua própria carreira de maneira independente: “Eu não tenho investidor, gravadora, nada. Tudo sai do meu bolso. Resolvi guardar esse dinheiro que gastaria no clipe para investir nos próximos. Minha ideia é trabalhar muito quando tudo isso acabar. Tive que adiar os planos depois da viagem. A primeira coisa que eu quero fazer é seguir com a minha carreira“, torce.

A cantora promete ainda uma nova live para o próximo sábado (dia 11) em seu Instagram e já anunciou uma transmissão no YouTube para breve.