willow
A cantora norte-americana Willow Smith (FOTO: Reprodução)

A cantora Willow Smith contou que resolveu parar de fumar maconha há cerca de três meses. A filha dos atores Will Smith e Jada Pinkett frisou que o fato de ter parado de fumar acabou diminuindo sua ansiedade. Na sua participação no programa virtual Red Table Talk, apresentado por sua mãe, a cantora deu detalhes de sua relação com a maconha.

“Eu não fumo maconha há três, especificamente THC. Quando eu parei, foi realmente um grande abridor de olhos, porque havia tantas pessoas que eu chamo de amigas que simplesmente se afastaram”, frisou Willow. “É interessante como isso está muito ligado à socialização para mim”.

Jada Pinkett Smith, Will Smith e Willow Smith (Foto: reprodução / Instagram)

Jada Pinkett-Smith também traçou um paralelo a respeito dos seus problemas pessoais com o álcool do qual ela resolveu se afastar há 20 anos. “Não tomo um drinque há muito tempo, mas os padrões psicológicos que antes me faziam beber ou me faziam procurar consolo fora de mim estão voltando”, afirmou a matriarca. “Esses tempos são muito incertos. Tive que aprofundar algumas de minhas práticas espirituais e aprofundar minha fé”.

VEJA TAMBÉM: Rapper diz que coronavírus é transmitido pelo “sinal da internet” e morre misteriosamente

Willow também comentou que optou por substituir a atividade por outras. “Comecei a fazer muita ioga e estava indo bem porque coloquei toda minha energia nisso. Isso me fez pensar no que estava perdendo, no que não estava colocando todo meu poder cerebral”.

Will Smith com sua família durante isolamento por conta da pandemia do coronavírus (Foto: Facebook)

Ao comentar sobre como tal fato acabou mudando o seu cotidiano nos últimos meses, Willow Smith afirmou que está menos ansiosa, destacou o jornal Metro. “Nunca entendi que isso (maconha) poderia me deixar mais ansiosa. Estou mais focada agora”.

No decorrer do bate-papo, a filha de Will Smith também comentou sobre como vem administrando sua rotina com a reclusão domiciliar por causa da pandemia do novo coronavírus. “Antes, quando estava entediada, eu fumava, mas agora por conta da quarentena, estou entediada e coloca minha energia em coisas diferentes. Percebi que eu realmente gosto da fixação oral, não necessariamente de ficar chapada”, afirmou.

Jada Pinkett Smith e Willow Smith (Foto: Facebook)

Recentemente, a cantora promoveu o lançamento do álbum “The Anxiety”, onde mostra no projeto todas as fases da ansiedade: paranoia, raiva, tristeza, indiferença, euforia, interesse intenso, compaixão e aceitação. “Eu não estou fazendo isso para as pessoas ficarem impressionadas ou surpresas, mas sim para conscientizá-las”, afirmou a artista.