A história por trás do clipe contendo cenas inéditas de Freddie Mercury antes da morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das maiores contas de fãs da lenda do Queen, Freddie Mercury, no Instagram, Freddie Mercury Club, revelou a história por trás do icônico videoclipe de In My Defence, lançado após a morte do O Rei do Rock, e com cenas de bastidores do cantor.

Como você deve saber, In My Defence lançado em 1986, é a versão remix da música lançada em 1992, que alcançou o top 10 nas paradas semanais do Reino Unido. A canção foi escrita por Dave Clark, David Soames e Jeff Daniels

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na legenda, o administrador da página mostrou como um grande vocalista Freddie foi revelando que as linhas vocais da música foram gravadas na primeira sessão, o que é uma coisa realmente incomum na indústria da música.

O cantor Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

Além disso, o administrador mencionou que o videoclipe de In My Defence’ foi lançado após a morte de Freddie, e explicou por que é tão emocional assistir ao videoclipe. O administrador disse que o diretor do vídeo, Rudi Dolezal, usou muitos materiais da carreira de Freddie e pés invisíveis dele.

LEIA TAMBÉM: Após boatos de separação, Daniel Cady aparece em live de Ivete Sangalo e beija esposa

No Instagram, o administrador da página escreveu: “In My Defence foi escrita por Dave Clark, David Soames e Jeff Daniels para o musical ÂTime. O clipe foi gravado em outubro de 1985 no Abbey Road Studios, em Londres e no Musicland Studios, em Munique, seis meses após o lançamento de Mr Bad Guy e foi originalmente lançado em maio de 1986 na trilha sonora do álbum Time. O belo piano da música foi tocado por Mike Moran (que conheceu Freddie pela primeira vez durante o registro desta música e mais tarde trabalhou no álbum de Barcelona), com Graham Jarvis na bateria, Paul Vincent na guitarra, Andy Pask no baixo, e teclado e sintetizadores por Peter Banks e também peças feitas pelo próprio Freddie.”

Ele continua: “Acredite ou não, os vocais hipnotizantes e arrepiantes de Freddie na música foram cantados e gravados na primeira tomada. Em 1992, um remix de Ron Nevison foi lançado postumamente e alcançou o número oito no UK Singles Chart. In My Defence foi lançado mais tarde no The Freddie Mercury Album e também no The Solo Collection. O videoclipe, feito após a morte de Freddie em 1991, foi dirigido por Rudi Dolezal como uma montagem de cenas de vídeos musicais passados, cenas privadas, bem como destaques da carreira de Freddie.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio