elvis presley
O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

O meio-irmão de Elvis Presley, David Stanley, estava com o cantor noites antes de sua trágica morte. David revelou sua última conversa com Elvis parecia indicar que eles estavam dizendo um adeus: “Ele disse que nunca mais me veria.”

David tinha apenas cinco anos quando sua mãe, Dee Stanley, casou-se com o pai do artista e pelos próximos 17 anos, ele cresceu perto de Elvis, morando ao lado de Graceland e se tornando um membro de confiança do círculo íntimo da estrela.

David descreveu os últimos dias de seu meio-irmão, a última vez em que falaram e por que ele acredita que Elvis sabia que ele iria morrer.

VEJA TAMBÉM: Novo Freddie Mercury? Bêbado canta hit do Queen em viatura da polícia

David Stanley começou a trabalhar para Elvis Presley em 1972, ainda adolescente, primeiro como assessor pessoal e depois como segurança. Em uma entrevista televisionada, David falou sobre a estranha conversa que eles tiveram.

Entrei no quarto dele e ele estava lendo a Bíblia. Ele disse ‘David, deixe-me fazer uma pergunta, quem sou eu?’ Eu ri dele e disse ‘bem, você é o rei’, e ele disse ‘não, há apenas um rei’ enquanto segurava sua Bíblia“, contou.

E acrescentou: “Eu disse que estava saindo da cidade e voltaria para a turnê e ele respondeu ‘Só quero que saiba que te amo, David. Eu nunca vou te ver novamente – da próxima vez que eu ver você estará em um lugar mais alto em um plano diferente’“.

Sinistro, não?