Luan Santana
O cantor sul-mato-grossense Luan Santana (FOTO: Reprodução)

Se você é habitante do Planeta Terra, há grandes chances de já ter escutado uma canção composta por Bruno Caliman. Ele é responsável por grandes sucessos da música brasileira, como “Te esperando”, do Luan Santana, “Camaro Amarelo”, da dupla Munhoz e Mariano e “Domingo de Manhã”, de Marcos e Belutti.

Agora, Bruno Caliman parte para uma nova aventura e inicia sua carreira como intérprete com o lançamento do longa-metragem “Alter & Eu”. O filme, escrito e estrelado por Caliman, é uma aposta pioneira no mercado musical e foi gravado em Lake Tahoe, na Califórnia, set do grande sucesso de bilheteria “E.T, o Extraterrestre”.

E durante uma entrevista, finalmente conseguimos juntar provas de que Bruno Caliman é um alienígena. O compositor número 1 do país contou sobre o processo de criação e produção do projeto e falou sobre sua amizade com grandes nomes da música sertaneja, como Luan Santana e Gustavo Mioto. Confira!

Foto: Reprodução

Ele não se encaixa

O longa é formado por uma história principal e é interligado por diversas canções, que não só funcionam como trilha sonora, mas também podem ser ouvidas de forma independente. Elas falam sobre os temas que aparecem no filme, como natureza, amor e esperança.

Ao ser perguntado o que o levou a produzir esse novo formato audiovisual, o alienígena respondeu: “Como artista, eu nunca me enxerguei nesse formato convencional que é o DVD Show padrão. Eu nunca me via cantando naquele palco, com aquele formato. Eu sempre achei que deveria ter uma coisa diferente.”

Caliman estudou roteiro na Academia Internacional de Cinema e buscou inspiração nos jogos de videogame para criar um produto com músicas legais, mas que também fizesse o espectador mergulhar em uma história.

Assista ao trailer:

Conexão com as estrelas

A divulgação do projeto também foi ideia dele e conta com a participação de seus amigos, grandes nomes da música sertaneja. Em uma série de vídeos para o Instagram, artistas como Luan Santana, Lucas Lucco, Gustavo Mioto, a dupla Fernando e Sorocaba e Maiara, da dupla com Maraísa, aparecem dando depoimentos sobre a origem extraplanetária do amigo.

Durante a entrevista, ele também revelou que todos esses artistas envolvidos no projeto estão apaixonados pelo resultado do filme e se inspiram na produção. “Todo mundo que conhece o projeto está encantado e pretende fazer um também, claro”

Confira o vídeo de Luan Santana para a divulgação:

Talento fora do normal

Os incríveis hits que Caliman compôs são provas suficientes de que o seu talento supera a capacidade do cérebro humano. Mas, somente as condições em que o filme foi produzido já mostram que Bruno deve ser estudado.

Ele contou que na ideia original, o filme seria gravado em São Paulo e contaria a história de um compositor depressivo, que passava o tempo todo dentro do quarto. Mas, quando um amigo ligou falando sobre o cenário disponível em Lake Tahoe, a paixão dele pelo filme E.T. (Será que é saudade de casa?) fez com que ele mudasse todos planos em apenas 1 semana.

Band exibirá os clássicos 'ET' e 'Tubarão' no domingo (12)
Foto: Reprodução

VEJA MAIS: Andressa Suita fez tatuagem para Theo Becker e ouviu reclamação de Gusttavo Lima

Sem muito tempo e dinheiro, ele teve que diminuir os custos de produção e reduzir a equipe de 26 pessoas para apenas 5. Mas, o mais espetacular foi que o novo roteiro do projeto foi escrito enquanto Bruno estava no avião para a Califórnia.

“Eu passei 12 horas escrevendo. A pessoa que estava do meu lado ficou muito aborrecida, pediu para trocar de lugar três vezes […]. Eu falei que eu não podia deixar de escrever […]. Eu era o passageiro da janelinha e tive que segurar o xixi por horas, mas quando eu botei o pé em São Francisco e a gente foi comprar as roupas nos brechós, eu já estava com o roteiro pronto, mais ou menos pronto.”, relatou.

Ele sabe o futuro

Bruno Caliman: O poder das histórias – Gui Dalzoto Liveclass
Foto: Reprodução

As gravações do filme aconteceram em setembro de 2019 e, na época o mundo ainda desconhecia o caos que seria gerado pela pandemia do novo coronavírus. Mas, a letra da canção Satélite, carro-chefe do projeto, se mostra à frente do seu tempo e parece traduzir exatamente o que estamos sentindo e o que queremos para o futuro.

Ao tentar justificar a peculiar coincidência, Caliman revelou: “Foi uma divina coincidência, foi uma doce coincidência. Tanto que essa música é a última do filme, é a que encerra tudo. Nós estávamos em setembro do ano passado, eu gravei esse filme em setembro do ano passado. Não tinha nem ideia do que estava acontecendo, a minha recepção quando eu criei essa música em relação ao mundo eram outros tipos de guerra que nós estávamos vivendo, política, de coisas muito tristes que nós estávamos vivendo. E foi basicamente nisso e acabou que a música se encaixa perfeitamente no momento hoje.”

Bom, talvez ainda não dê para provar que Bruno Caliman é, de fato, um ser de outro planeta. Mas assista ao filme, escute as músicas com atenção e tire suas próprias conclusões.

O filme “Alter & Eu” será disponibilizado com exclusividade na Apple Music dia 16 de outubro. No dia 30 de outubro, o projeto também chega ao canal oficial de Bruno Caliman no YouTube.

Ouça as músicas do filme: