kesha
A cantora norte-americana Kesha (FOTO: Reprodução)

O produtor musical Dr. Luke já foi o maior hitmaker da música pop, criando hits para praticamente todas as estrelas pop femininas, de Katy Perry a Kelly Clarkson e Britney Spears. Ele retornou às paradas em 2020, trabalhando em músicas para estrelas do rap em ascensão e estabelecidas, incluindo Lil Wayne, Juice WRLD, Saweetie e Doja Cat. 

O mestre da música, envolvido em um processo com a ex-colaboradora Kesha desde 2014, produziu e co-escreveu o novo single de Saweetie, “Tap In” além do sucesso de platina dupla “My Type”. Luke também co-escreveu e co-produziu “Wishing Well”, de Juice WRLD, extraído do primeiro álbum póstumo do rapper “Legends Never Die”, lançado na semana passada.

Os sucessos recentes significam que as três principais gravadoras dos EUA trabalharam com o Dr. Luke este ano, mesmo que ele nem sempre tenha colocado seu nome profissional amplamente reconhecido nestas novas colaborações. 

Sony To Reportedly Cut Ties With Dr. Luke - Stereogum
(FOTO: Reprodução)

Dr. Luke marcou um grande retorno este ano com o sucesso do hit número 1 da Billboard Hot 100, “Say So”, da cantora e rapper Doja Cat, que assinou contrato com a Kemosabe Records do Dr. Luke. O músico, que na verdade se chama Lukasz Sebastian Gottwald, produziu várias músicas no segundo álbum da Doja Cat, “Hot Pink”, incluindo o single “Like That”, que é atualmente ocupa o quinto lugar na parada de músicas R&B da Billboard. Ele é o único produtor com duas músicas no Top 10 da última parada (“Say So” fica na segunda posição). 

Por seu trabalho com Cat, ele usou o pseudônimo Tyson Trax. Ele usou o mesmo pseudônimo para seu crédito de produção no “Hokey Pokey”, do cantor e rapper de Toronto, Benny Mayne, lançado este ano. Para “Shimmy”, de Lil Wayne, uma faixa com Cat na edição de luxo de seu último álbum “Funeral”, Dr. Luke usou o nome Loctor Duke. Os representantes de gravadoras de Saweetie, Juice WRLD, Lil Wayne e Cat não responderam a e-mails do site Ap News para comentar o assunto.

VEJA TAMBÉM: Valesca Popozuda fala sobre assédio no Carnaval

Luke teve méritos em seu retorno com as principais gravadoras dos Estados Unidos. Cat assinou contrato com a RCA Records da Sony Music, enquanto Saweetie faz parte da família Warner Music. Lil Wayne lança música através de seu selo Young Money e da Republic Records, uma divisão do Universal Music Group.

Antes de Dr. Luke liderar as paradas este ano com “Say So”, ele ficou em primeiro lugar com “Dark Horse” de Katy Perry em 2014. Meses depois, Kesha o acusou de abuso sexual durante sua parceria com o músico, alegação sobre a qual Dr. Luke negou vigorosamente. 

Um tribunal de Nova York rejeitou as alegações relacionadas a abuso sexual de Kesha em 2016 por causa de questões legais, sem decidir se as alegações eram verdadeiras. Kesha perdeu outra rodada do processo em fevereiro, quando um juiz de Nova York considerou que ela teria feito uma declaração difamatória sobre Dr. Luke quando através duma mensagem de texto de 2016 a cantora disse a Lady Gaga que o produtor também teria estuprado Katy Perry. Tanto ele como Katy Perry negaram tal acusação, e o juiz disse que “não havia nenhuma evidência” para apoiar a alegação. 

Os advogados de Kesha disseram que planejam recorrer da decisão, mas isso não resolveu outros aspectos de sua difamação e processo por quebra de contrato, incluindo a questão crucial de saber se a alegação de Kesha de que ele a estuprou é verdadeira. O juiz decidiu que um júri escolhido irá julgar os próximos desdobramentos do julgamento.