Adam Levine defende Olivia Rodrigo na controvérsia com o Paramore

Vocalista do Maroon 5 diz que é necessário ter "mais compaixão" com novos artistas.

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Novamente a canção “good 4 u“ de Olivia Rodrigo voltou a ser um dos assuntos mais comentados do mundo da música. Antes, era por ter sido lançada e agora, depois de comparações com “Misery Musiness”, do Paramore, acabou que os integrantes da banda (Hayley Williams e Joshua Farro) foram creditados na faixa e ganharão 50% dos direitos.

(FOTO: Reprodução)

Esse assunto causa controvérsia e quem fez questão de dar sua opinião foi o vocalista do Maroon 5, Adam Levine. Sua opinião não foi muito clara, mas deu a entender que ele não gostou da forma que está sendo discutido. “Tem sempre um drama sobre Olivia Rodrigo. Agora com a música de Elvis Costello e a do Paramore que parece com a deles. Olha, são coisas complicadas, todos que escrevem músicas sabem que você se inspira, faz o mix da canção, aí tem o lançamento e, então, um processo. É uma coisa natural de acontecer. Às vezes fica feio, às vezes é requerido que a pessoa tome ações legais, às vezes não é necessário tomar ações legais. Eu acho que se tornou uma área cinzenta. Está estranho e feio por esses dias. Mas o caso de ‘Blurred Lines’ mudou o jogo”, disse ele, citando o hit de Robin Thicke que, ele teve que pagar US$ 5 milhões pelos direitos de Marvin Gaye.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Elvis Presley arruinou seu casamento por outra paixão

Adam Levine acha que deveria haver uma compreensão maior com artistas novatos. Ele foi mais longe e sente que isso tipo de inspiração deveria ser vista como um elogio. “Sem dar minha opinião em sobre o quão longe isso chegou, eu acho que poderia ter mais compaixão, entendimento, e tentar achar uma maneira… Música é uma coisa criativa e eu odeio ver isso ser esmagada por, você sabe… Quando a pessoa é uma artista nova e ela está emulando coisas que a nova geração é movida, eu não sei o quanto isso é ruim. Me parece legal introduzir toda a geração nova a ideias musicais diferentes. Eu não sei, essa é só minha opinião. Não estou dizendo que deveria ser a de todo mundo. Mas eu odeio ver isso se tornar essa grande coisa onde as pessoas ficam agressivas sobre. Eu não sei, talvez eu não seja desse território“, soltou. “Em relação a essas coisas, eu chego a ficar lisonjeado quando alguém se inspira da minha arte. Eu eu tenho certeza que me inspiro em outras pessoas também. Isso é música, é uma coisa linda“, completou.

Confira o vídeo:

Olivia Rodrigo se envolve em suposta polêmica de racismo

Olivia Rodrigo está atualmente no centro das discussões no Twitter, depois que alguns fãs a acusaram de racismo, após um vídeo antigo viralizar na web.

No vídeo, a cantora pode ser vista em uma transmissão ao vivo do Instagram, interagindo com seus fãs e usando gírias afro-americanas. Vale ressaltar que a acusação de racismo veio porque “é extremamente desrespeitoso falar que o sotaque que os escravos africanos acabaram adquirindo (quando foram forçados pelos seus “senhores” a aprenderem inglês), é um linguajar jovial. Isso faz parte de uma cultura e de uma história, não é piada.” Ela diz coisas como “Estou na tendência”.

Confira a repercussão negativa para Olivia Rodrigo no Twitter:

Olivia Rodrigo se pronuncia sobre sexualidade de Joshua Bassett

O suposto romance entre Olivia Rodrigo Joshua Bassett ganhou manchetes após “drivers license“, single de estreia da cantora, virar um sucesso estrondoso. Muitos especulam que a música seja inspirada no relacionamento da estrela com seu colega de elenco na Disney.

Em maio, durante uma entrevista, Joshua Bassett afirmou que se sentia atraído por Harry Styles e revelou que faz parte da comunidade LGBTQIA+. Com isso, fãs passaram a questionar Olivia Rodrigo sobre o assunto, mas a cantora preferiu não comentar.

Agora, em sua recente entrevista para a revista GQ, ela finalmente quebrou o silêncio. A repórter quis saber se os dois artistas conversaram antes dele se assumir e Olivia foi bem clara: “Eu não sei nada sobre isso, e não é da minha conta falar sobre isso”.

Fã revela à Olivia Rodrigo que fez sexo ouvindo “SOUR”

O álbum de Olivia Rodrigo, “SOUR” é uma sofrência pesada, e a última coisa que a cantora esperou foi que as pessoas transariam ouvindo suas músicas, contudo, isso aconteceu. Recentemente, em entrevista a GQ, ela contou que foi abordada por uma mulher, que lhe disse: “desculpe-me se isso é estranho, mas eu transei ouvindo seu álbum inteiro”.

Além de assustada, a cantora ficou surpresa: “Que p*rra é essa? Isso é louco”, pensou. “Essa foi a experiência mais estranha que á tive. Fiquei lisonjeada, é claro. Eu aprecio que ela foi corajosa o suficiente para chegar e me dizer isso”, diz.

Eu pensei ‘você quer fazer sexo com músicas sobre coração partido?’. Foi legal sair e ouvir as pessoas falarem ‘eu realmente gosto de seu som, isso me ajudou a passar por um momento difícil na minha vida’. As pessoas antes falavam ‘oh, amo o personagem que colocaram na série’, o que é ótimo. Mas é uma experiência totalmente diferente”, conta.

(Foto: Reprodução / GQ)

Ainda batendo um papo sobre seu primeiro álbum, Olivia Rodrigo não fez cerimônia quando descobriu que Ed Sheeran é seu fã: “Outro dia ele falou ‘amo Olivia Rodrigo e amo que ela escreve as próprias músicas’. Meu Deus, isso é tão legal!”, comemora a cantora.

Eu acho que ele é um dos melhores compositores de todos os tempos. É estranho pensar que pessoas assim estão olhando o Spotify e escolhendo minhas músicas. É muito louco. Mas, sim, estou animada para encontrar meus colegas também. Não encontrei muitos, então será divertido quando acontecer”, disse a cantora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio