Advogado indica tutor para substituir pai de Britney Spears

Matt Rosengart entrou com uma nova petição no tribunal de Los Angeles

Publicado em 27/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Parece que o advogado de Britney Spears está cumprindo com a promessa de agir “de forma agressiva e rápida” para retirar poder de tutela do pai da cantora. Matt Rosengart deu entrada com uma petição na Justiça pedindo a substituição de Jamie Spears do cargo de tutor. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 27 de julho, pelo TMZ.

O escolhido para assumir a função no lugar de Jamie é Jason Rubin, um contador da Califórnia. Em seu site, ele afirma que tem experiência em finanças, litígios de abuso de idosos e administração de carteiras de fundos complexas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caso a Justiça aceite a substituição, Rubin teria toda autoridade financeira para administrar os bens de Britney, junto com procurações para tomar decisões sobre cuidados de saúde e administração de bens imóveis.

O TMZ também teve acesso a documentos legais que revelam alguns dos valores do patrimônio da cantora. Britney é dona de US$ 2,73 milhões em ativos monetários, US$ 57,6 milhões em ativos não monetários e propriedades avaliadas em US$ 8,45 milhões.

Agente revela que sofreu ameaças do pai de Britney Spears

Um dos amigos mais antigos e agente de Britney Spears quebrou seu silêncio sobre a tutela da cantora. Cade Hudson acessou seu Instagram para dizer “basta”, além de revelar que recebeu “milhares de ameaças de morte” dos fãs da cantora, e ainda o acusaram de fazer “lavagem cerebral” nela.

“Eu mantive minha boca fechada por mais de 12 anos sobre Britney. Já chega. Depois de receber milhares de ameaças de morte, receber garrafas de água jogadas na minha cabeça em bares por pessoas me dizendo que estou fazendo uma lavagem cerebral nela estou falando agora”, escreveu ele, de acordo com TMZ .

No longo post, Cade defendeu que Britney fosse liberada da tutela e se abrisse sobre o que a levou ao colapso anos atrás.

“Britney que foi acusada de alguns erros aos 26 anos com 100 câmeras em seu rosto esperando para documentar qualquer movimento errado que ela fizesse ficar sob uma tutela interminável?” ele escreveu. “Sexismo no seu melhor.”

Cade acrescentou: “Isso é uma violação dos direitos humanos básicos de alguém. Mantive minha boca fechada com medo de perder meu emprego como agente dela e de perder a carreira que trabalhei duro por 15 anos para construir, por causa das ameaças do homem (Jamie Spears) que todos nós conhecemos, mas não vou nem dignar mencionar o nome dele. Estou oficialmente cansado de ficar quieta. “

O agente ainda falou sobre a “real” Britney que era amorosa e caridosa. “O sistema e o público falharam com ela. Seu novo advogado é o melhor dos melhores e sabe que o trabalho está apenas começando, mas é progresso e esperança e isso é tudo que podemos pedir agora até que uma ação possa ser tomada”, escreveu Cade.

“Vou terminar com algumas coisas, uma pessoa que estava em sua vida (novamente, legalmente não posso citar nomes) também foi silenciada pelas pessoas ao seu redor. Vocês, silenciadores, sabem quem vocês são. Essa pessoa tem o melhor interesse no coração . “

Ele terminou escrevendo, “É hora de ter minha garota de volta. Mesmo que as pessoas não vejam agora, ele aparecerá. Para aqueles que deveriam estar preocupados, vocês também sabem quem são”, escreveu Cade.

“O absurdo precisa terminar e o processo de cura precisa começar. O senhor tende a retribuir essas pessoas à sua maneira. Então, pela primeira vez, estou dizendo publicamente #FREEBRITNEY”, finalizou o agente.

(Foto: Reprodução Instagram)

Cantor revela ter sido afastado de Britney Spears no início da tutela

A tutela de Britney Spears é abusiva desde o início, e a cada dia que passa mais amigos da Princesa do Pop falam sobre o assunto. O cantor Lance Bass, ex-integrante do N’Sync, declarou apoio a #FreeBritney e revelou detalhes sobre fim de sua amizade com a estrela em uma entrevista para o podcast “Heather Dubrow’s World”.

“Eu não falo com ela há anos. Temos ficado longe um do outro por um bom tempo. Mas eu não sei exatamente do que ela precisa. Mas eu sei que ela, para mim e o que eu vejo, é sensato o suficiente para escolher seu próprio pessoal”, destacou.

(Foto: Reprodução)

Ele lembrou o auge dos anos 2000, onde eram amigos: “Sempre que falo sobre Britney, os fãs enlouquecem. Qualquer pessoa próxima de Britney é inimiga deles os fãs), porque não acham que ninguém ao redor da órbita dela fez o suficiente para ajudá-la”, começou o cantor.

Lance ainda falou que sempre desconfiou de Jamie como tutor da cantora: “Ela precisa ficar longe do pai. Ela precisa escolher o próprio pessoal nesta tutela – se ela precisar de um – especialmente escolhendo um advogado. Eu acho que, para mim, existe um quadro mais amplo ali“, reflete o artista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio