michael jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução_

Não é segredo pra ninguém que Michael Jackson passou por diversas cirurgias plásticas. O motivo de cada uma delas foi resultado de uma obsessão do cantor, que queria parecer cada vez menos com o pai, Joseph Joe Jackson.

Joe abusou do astro do pop quando ele era criança. Essa revelação está no livro que conta as memórias de Frank DiLeo, último empresário de Michael Jackson.

Joa e Michael tiveram relação conturbada

O empresário morreu em 2011, mas o produtor e sócio dele, Mark Lamica, publicou o livro em memória ao amigo.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Em entrevista à coluna Page Six, do jornal New York Post, Mark Lamica contou conversas que teve com Frank.

NEXT3

O Michael disse ao Frank numa conversa por telefone que não aguentava ver o rosto do próprio pai quando olhava no espelho. O Frank falou que ele precisava parar de alterar o rosto, porque estava ficando irreconhecível para os fãs. O Michael estava emotivo e disse ao Frank: “Preciso cortá-lo fora, tenho de removê-lo. Ainda vejo Joseph quando olho no espelho. Eu tenho de arrancá-lo“.

O livro, que se chama DiLeo: I Am Going to Set the Record Straight, reúne áudios, vídeos e diários do último empresário de Michael Jackson.
A obra conta outras histórias do Rei do Pop e das pessoas que o humilharam ao longo de sua carreira.