adele
A cantora britânica Adele (FOTO: Reprodução)

O gerente da cantora britânica Adele teria se pago a si mesmo 10 milhões de libras (cerca de 67,6 milhões de reais) no ano passado, apesar de nenhuma música nova ter sido lançada pela artista no mercado.

Jonathan Dickins concedeu a si mesmo a quantia depois que a empresa de administração de Adele, September Management, obteve lucros de 2 milhões de libras em 10 meses, juntamente com 12 milhões em reservas de caixa.

adele
A cantora britânica Adele (FOTO: Reprodução)

De acordo com o The Sun , apesar de Adele ter tido o lucro baixo, 7 milhões de libras em relação ao lucro de 9 milhões de libras em 2019, a September ainda está arrecadando muito dinheiro. Além disso, sua segunda empresa, a Melted Stone Ltd., aparentemente está com £ 44 milhões em contas bancárias, ou seja: (297,5 milhões de reais).

O gerente de Adele, Jonathan Dickins
O gerente de Adele, Jonathan Dickins (FOTO: Lester Cohen / WireImage)

LEIA TAMBÉM: Grávida! Nicki Minaj posta foto com barrigão e confirma suspeitas de gravidez

Nova música?

A estrela nascida em Londres não lançou nenhuma música nova desde o aclamado álbum de 2015, que incluía os singles de sucesso Hello e When We Were Young. Quando questionada sobre quando novas músicas seriam lançadas no Instagram durante a pandemia de coronavírus , Adele respondeu: “É claro que não. Corona não acabou. Estou em quarentena. Use uma máscara e seja paciente“.

Jonathan Dickins falou anteriormente com a Newsweek sobre quando o próximo álbum de Adele será lançado. Ele disse: “Não está chegando em setembro, estará pronto quando estiver pronto. Estamos todos no mesmo barco, você está fazendo coisas e, de repente, o mundo para. Chegará quando estiver pronto.”

Adele
A cantora inglesa Adele (FOTO: Divulgação)

Ele continuou: “Ainda não posso marcar uma data. Temos música, mas ainda estamos trabalhando“. Segundo o The Sun, ele também disse: “Quanto mais cedo sair, melhor.