elvis presley
O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

Como praticamente todas as outras produções de Hollywood, a aguardada cinebiografia de Elvis Presley, dirigida por Baz Luhrmann, segue suspensa agora devido à pandemia do Covid-19 – mas sua produção foi diretamente ainda mais afetada do que a maioria dos filmes.

Dias antes do início das filmagens, Tom Hanks, que interpretará o coronel Tom Parker, gerente de Presley, foi diagnosticado com o vírus – e imediatamente entrou em quarentena. Em questão de horas, o projeto – estrelado por Austin Butler como Elvis e a atriz australiana Olivia DeJonge como Priscilla – acabou sendo interrompido.

Tom Hanks / Colonel Tom Parker
(FOTO: Reprodução)

Meu primeiro dia de filmagens foi na segunda-feira seguinte” “, disse o diretor Luhrmann ao Deadline em uma entrevista em 24 de abril. “Eu construí o showroom de Las Vegas, o International que se tornou o Hilton, e você conhece aquela cena famosa em que Elvis está tocando nesse showroom? Estávamos ensaiando o posicionamento da câmera, tudo, e eu tinha feito todos os testes, Austin, Tom e todo o elenco estava pegando fogo. Nós estávamos tão perto”. Mas quais momentos estavam sendo filmados na arena de Las Vegas? Uma icônica performance durante a qual Elvis foi assediado e beijado por dezenas de fãs – uma tarefa difícil de se cumprir enquanto as regras de distanciamento social estão em vigor.

Letreiro anunciando o retorno de Elvis Presley, que aconteceria no Hotel Internacional em 31 de julho de 1969/Getty Images
(FOTO: Getty Images)

O cantor, falecido aos 42 anos manteve um relacionamento de longa data com a cidade boêmia. Seu primeiro show em Vegas aconteceu em 1956, quando ele ainda estava começando a carreira e naquela ocasião nem encontrou grande sucesso com o público local. No decorrer da carreira meteórica, Elvis continuou insistindo na região e sempre acabava voltando para lá. Tinha a cidade como seu oásis para festas e plano de fundo para seus projetos pessoais “mais sérios”: como o longa-metragm “Viva Las Vegas”, de 1963, seu casamento com Priscilla no Aladdin Hotel em 1967, e a volta aos palcos em 1969.

VEJA TAMBÉM: Freddie Mercury debochou de Michael Jackson por ele ter dormido no chão

Embora a majestosa residência de Elvis Presley em Las Vegas no fim dos anos 60 que marcou para sempre a história da cidade boêmia seja um claro destaque do filme, a cinebiografia realmente começará quando o futuro Rei do Rock ‘n’ Roll tinha somente 13 anos de idade, narrando sua ascensão meteórica; seu filme de estreia, Love Me Tender; sua carreira militar; seu agora icônico casamento com Priscilla Presley; e sua queda no vício, tendo como pano de fundo o que a Warner Brothers descreveu como “a paisagem cultural em evolução e a perda de inocência na América”. E o melhor de tudo? A esposa e colaboradora de longa data de Baz Luhrmann, a vencedora do Oscar Catherine Martin, cuidará do figurino.

Elvis Presley e seu estilo extravagante e inovador de se vestir
(FOTO: Reprodução)
(FOTO: Getty Images)

Apesar das restrições atuais, Luhrmann ainda tem toda a intenção de avançar com a produção quando a ameaça do vírus ficar para trás. Enquanto vários futuros sucessos de bilheteria tiveram suas datas de lançamento adiadas por mais de um ano, este projeto teve sorte em teoricamente manter seu cronograma de lançamento já que deve chegar aos cinemas no final de 2021. Em particular, o diretor está animado por trabalhar com a estrela em ascensão Kevin Butler. “Seu compromisso, suas habilidades transformadoras do jovem Elvis ao além, ele estava tocando muito bem. Ele foi ótimo. Havia tanta energia e emoção no elenco e na companhia … Vamos nos encontrar novamente e fazer este novo filme.”

Who is Austin Butler? Meet Baz Luhrmann's New Elvis
O ator Kevin Butler e o Rei do Rock (FOTO: Reprodução)