Álbuns, prêmios e generosidade: tudo sobre o BTS

Saiba os principais detalhes sobre a maior branda sul-coreana de K-Pop

Publicado em 23/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

BTS, grupo formado por RM, V, Suga, Jimin, Jin, J-Hope e Jungkook tem uma longa e extensa lista de conquistas. Além de milhares de fãs espalhados pelo mundo inteiro. Eles são conhecidos como ARMY. Quando traduzido, podemos chamá-los de Exército.

Vamos começar pelo básico. Você sabe o que significa a sigla BTS? Bom, no começo era “Bangtan Sonyeondan”, que se traduz aproximadamente como “Escoteiros à prova de balas”. Embora a palavra “à prova de balas” possa parecer uma escolha estranha para uma banda que fez muito para espalhar mensagens positivas sobre auto aceitação e a importância da conscientização sobre a saúde mental, seu objetivo era transmitir algo totalmente diferente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista à revista Affinity em maio de 2016, J-Hope elaborou o significado por trás da versão antiga do nome da banda. “[Isso] tem um significado profundo”, explicou J-Hope na época. “‘Bangtan’ significa ser resistente a balas, então significa bloquear estereótipos, críticas e expectativas que visam os adolescentes como balas, para preservar os valores e ideais dos adolescentes de hoje.

Contudo, o significado mudou depois que a banda começou a conquistar seguidores entre o público ocidental de língua inglesa. Com isso, o criador de tendências do K-pop Big Hit Entertainment, decidiu “reformar” o nome da banda em inglês, mudando a sigla para “Beyond the Scene”. Como Big Hit Entertainment, “Beyond the Scene” significa “simbolizando a juventude que não se contenta com sua realidade atual e, em vez disso, abre a porta e segue em frente para alcançar o crescimento.”

(Foto: Reprodução)

A história deles começou lá atrás, em 13 de Junho de 2013, com a música “No More Dream” de seu primeiro álbum, ‘2 Cool 4 Skool’.

Logo em seguida, um ano após a estreia do grupo, eles receberam prêmios de Bonsang para os seus álbuns subsequentes, ‘Dark & ​​Wild‘ e ‘The Most Beautiful Moment in Life, Part 1‘. Os meninos sul-coreanos então completaram a trilogia com ‘The Most Beautiful Moment in Life, Part 2′ e ‘The Most Beautiful Moment In Life: Young Forever‘, e para surpresa de poucas pessoas, ambos estrearam dentro do Billboard 200.

Vale ressaltar ainda que ‘The Most Beautiful Moment In Life, Part 2’, chegou a alcançar o número um na parada mundial de álbuns da Billboard e permaneceu lá por várias semanas. BTS se tornou o primeiro grupo K-Pop a conseguir esse feito.

Em 2015, eles ganharam o prêmio Mnet Asian Music Awards, como Melhor Performer Mundial em reconhecimento da sua fanbase internacional. Durante o evento, o grupo realizou a performance da música “Run”.

Além disso, eles foram nomeados pela Forbes como o artista mais retuitado no Twitter em março de 2016. Em outubro do mesmo ano, BTS se tornou o 1º artista coreano a atingir o topo da Billboard Social 50 – que considera a movimentação e o engajamento nas redes sociais.

O ano de 2018 começou com conquistas. Em 6 de fevereiro, o grupo recebeu o seu primeiro certificado de ouro pela Recording Industry Association of America (RIAA) com o remix de “Mic Drop“, tornando-se o primeiro grupo de k-pop a realizar tal feito. Logo em seguida, para ser mais exato, três dias depois, o hit “DNA” também recebeu um certificado de ouro nos Estados Unidos. Em 28 de fevereiro o BTS ganhou o prêmio de Artista do ano no Korean Music Awards (KMA), e com isso se tornaram o primeiro grupo de K-Pop Idol a ganhar o daesang no Korean Music Awards.

(Foto: Reprodução)

Além disso, eles conseguiram bater o recorde de vídeo mais visto em 24 horas no Youtube. Com o MV de “Idol”, o grupo conquistou 45.9 milhões de visualizações em apenas um dia. Atualmente, a produção está perto de completar 1 bilhão de views, tendo exatas 976.174.030 visualizações, até o momento desta publicação.

As conquistas do BTS levaram o grupo a ser o número um na lista Forbes Korea Power Celebrity de 2018, que classifica as celebridades mais poderosas e influentes da Coreia do Sul.

Porém, em 2019, com o hit “Boy with Luv”, parceria com a cantora Halsey, BTS quebrou o próprio recorde, batendo 74,6 milhões de visualizações em apenas 24 horas. Mas, os vídeos que conquistaram números estrondosos nas primeiras horas foram os recentes clipes de ‘Dynamite’ e ‘Butter’.

Em janeiro de 2020, o single ‘Black Swan‘ antecipou o sétimo álbum de estúdio ‘Map of the Soul: 7‘. O sucesso do disco fez com que o grupo se tornasse o primeiro artista coreano a pisar no palco do Grammy, atuando na 62ª edição junto com Lil Nas X. Juntos, eles performaram a música ‘Old Town Road’.

Por conta da pandemia, as lives vieram como uma forma dos artistas fazerem shows e ficarem “perto” de certa forma de seus fãs. Foi então que o septeto fez a ‘Bang Bang Con The Live’. A transmissão aconteceu no dia 14 de junho do ano passado, e conquistou 756 mil pessoas. Vale ressaltar que esse evento foi pago, então com isso, os meninos conquistaram mais um recorde. O ingresso, custou 35 dólares, e BTS performou 12 músicas em duas horas de show.

Em comunicado para a revista Variety, a gravadora do grupo, Big Hit Entertainment, afirmou que o show foi visto em 107 países. Com o total de pagantes, BTS faturou 25 bilhões de wons – 103 milhões de reais na atual cotação.

(Foto: Reprodução)

Lançado no dia 21 de agosto de 2020, ‘Dynamite’ foi o primeiro single em inglês do BTS, e veio como um ar de esperança do grupo para os ARMYs, já que estávamos e ainda estamos vivendo tempos difíceis por conta da pandemia de Covid-19. Com o hit, eles conquistaram 101,1 milhões de visualizações em 24 horas. Além disso, também alguns recordes importantes, quais nós vamos falar agora.

No Spotify, Taylor Swift estava no topo das 50 músicas globais mais ouvidas com 7.742 milhões de reproduções com ‘cardigan’, mas o hit do BTS destronou o single da cantora-norte americana com 7,778,950 milhões.

(Foto: Reprodução)

“Dynamite” também foi parar no Guinness Book, sendo a música de K-Pop com o maior número de semanas na Hot 100 da Billboard, totalizando 32 semanas e superando o antigo detentor do recorde: “Gangnam Style”, do PSY. Além disso, a música do grupo sul-coreano também foi a faixa com o maior número de semanas no primeiro lugar da Digital Song Sales, a parada de vendas digitais da Billboard. 

Vale ressaltar que o hit já tinha aparecido no Guinness Book com:

  • A primeira música com mais de 3 milhões de espectadores na estreia do clipe
  • O clipe mais visto nas primeiras 24 horas no YouTube
  • O clipe de K-Pop mais visto nas primeiras 24 horas no YouTube
  • O vídeo musical mais visto nas primeiras 24 horas

Butter’, segundo single em inglês do grupo, lançado dia 21 de maio deste ano, também veio quebrando todos os recordes. Começando pelo clipe, que em 24 horas bateu 112,1 milhões de visualizações. De acordo com informações da Billboard, “Butter” foi o 4º lançamento do grupo de K-Pop a alcançar o topo da parada Global 200. Também foi o 3º do grupo sul-coreano a chegar ao lugar mais alto da lista Global Excl. EUA – que contabiliza mais de 200 países, com exceção dos Estados Unidos.

Nenhum outro artista, além do BTS, tem mais de um primeiro lugar na lista Global Excl. EUA, e bom, os meninos da Coreia do Sul, têm 3.

(Foto: Reprodução)

Além disso, o BTS destronou o BTS! Calma, vamos te explicar. Após passar sete semanas de liderança na Billboard Hot 100, o single “Butter” foi para o 7º lugar, porém, quem ficou com o topo continuou sendo o grupo, com o recente hit lançado “Permission To Dance”.

Além disso, saiba os principais números do BTS no Spotify, eles conquistaram mais de 18 bilhões de streams, batendo o recorde de grupo mais ouvida do aplicativo. Já no Youtube, o septeto tem 4 clipes com 1 bilhão de visualizações cada, somando tudo desde o começo da carreira, este número ultrapassa 20 bilhões de views.

Mas nem só de números vivem os meninos, eles também são extremamente atenciosos, amorosos e empáticos com seus fãs, e as pessoas em geral. Para o BTS e seus fãs, os atos de generosidade geralmente trazem uma mensagem política.

E o grupo prova isso desde o início da carreira. Por exemplo, quando o Sewol Ferry afundou na costa da Coreia do Sul em abril de 2014, matando quase 300 estudantes, os políticos da Coreia tentaram se distanciar da tragédia, a Big Hit Music doou US$ 100.000 (R$ 521 mil) para beneficiar famílias das vítimas, por meio da Truth and A Safer Society. Contudo, a mídia só teve conhecimento deste ano em 2017, questionada, a empresa do grupo, BigHit, afirmou que “eles não revelaram as doações porque acreditam que deve ser feito em privado.”

(Foto: Reprodução)

Em 2015, eles doaram 7 toneladas (7.187 kg) de arroz para caridade na cerimônia de abertura da K-Star Road, realizada em Apgujeong-dong, distrito de Gangnam, Seul.

“O BTS não pode mudar o mundo todo, mas podemos fazê-lo um pouco melhor para quem nos ama”, “Começamos a fazer música porque queríamos fazer um mundo melhor… esse é o primeiro passo”, foram uma das frases ditas respectivamente, pelo líder RM e Suga, durante uma coletiva de imprensa.

(Foto: Reprodução)

Por fim, os álbuns do BTS:

O!RUL8,2? – 11 de setembro de 2013
Skool Luv Affair – 12 de fevereiro de 2014
Dark & Wild – 19 de agosto de 2014
Wake Up – 24 de dezembro de 2014
The Most Beautiful Moment in Life, Part 1 – 29 de abril de 2015
The Most Beautiful Moment in Life pt.2 – 30 de novembro de 2015
The Most Beautiful Moment in Life: Young Forever – 2 de maio de 2016
Youth – 7 de setembro de 2016
Wings – 10 de outubro de 2016
THE BEST OF 防弾少年団 (JAPAN EDITION) (THE BEST OF) – 6 de janeiro de 2017
The Best of Bōdan Shōnendan: Japan Edition – 6 de janeiro de 2017
You Never Walk Alone – 13 de fevereiro de 2017
Love Yourself: Her – 18 de setembro de 2017
Face Yourself – 3 de abril de 2018
Love Yourself: Tear – 18 de maio de 2018
Love Yourself: Answer – 24 de agosto de 2018
Map of the Soul: Persona – 12 de abril de 2019
Map of the Soul: 7 – 21 de fevereiro de 2020
Map of the Soul: 7 – The Journey – 14 de julho de 2020
Be – 20 de novembro de 2020
BTS, the Best – 16 de junho de 2021

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio