Alok se casa aos pés de Cristo Redentor e horário chama a atenção

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O casamento do músico goiano Alok aos pés do Cristo Redentor deu início a um horário inédito para cerimônias no local. “A missa começou às 5h30, foi um pedido do Alok”, revelou Padre Omar, que foi a santidade responsável pela cerimônia ocorrida nesta terça-feira (dia 15).

A união do artista com a médica Romana Novais foi mantida em segredo e contou apenas com familiares do casal. Durante a transmissão do programa Bom Dia Rio, um helicóptero da Rede Globo conseguiu registrar a reta final do matrimônio. “É um casal iluminado, um jovem casal muito católico”, revelou o padre.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A cerimônia tanto pode ser aos pés do monumento ou na Capela de Nossa Senhora da base”, explicou Padre Omar. Vale ressaltar que o santuário localizado no Cristo Redentor também celebra bodas e batizados.

VEJA TAMBÉM: Ariana Grande posta prévia de 7 Rings com vídeo misterioso

Numa entrevista ao G1, o padre optou por não falar em valores. “Não é caro. A gente também pede uma doação ao santuário, o que o Alok fez”, explicou. No ano de 2017, uma cerimônia simples custava cerca de R$ 2,5 mil.

Um dos detalhes que mais chamou a atenção dos internautas, que acompanharam a cobertura do evento no Rio de Janeiro, foi o horário da cerimônia. Muitos dizem que a celebração ocorreu às 5 da manhã, o que gerou muitos comentários dos internautas nas redes sociais.

Alok cria remix de clássico do Titãs em parceria com seu irmão gêmeo

A banda de rock Titãs lançou na última sexta-feira (dia 28), o remix de um dos seus maiores hits: a canção “Epitáfio”. A nova versão foi assinada por ninguém menos que o músico goiano Alok e seu irmão gêmeo Bhaskar.

A faixa já está disponível nas plataformas digitais e foi gravada especialmente como parte de um quadro do programa de TV “Caldeirão do Huck”.

O remix produzido pelos irmãos gêmeos DJs Alok e Bhaskar, conta com a participação do trio da banda, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto. A canção foi lançada como parte de um projeto beneficente, no qual todos os direitos e lucros serão revertidos para o Instituto Anelo, ONG que promove a cidadania através de projetos musicais com crianças e adolescentes.

“Titãs foi sempre uma referência musical tanto pra mim quanto para os meus pais e trabalhar em algo com eles certamente faz parte da realização de um sonho que vivo agora” explicou Alok.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio