Amigo de vocalista do Linkin Park afirma que músico estava bem, antes de se suicidar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O baterista do GREY DAZE, Sean Dowdell era um grande amigo de Chester Bennington, vocalista do LINKIN PARK. Recentemente, em uma entrevista para Anne Erickson, do podcast “Audio Ink Radio”, o músico falou sobre sobre sua relação com Chester.

Nas semanas e meses anteriores de sua escolha final, eu acho, é a melhor maneira que posso colocar isso, não senti nada [diferente]. Falei com ele duas noites antes dele falecer. Ele estava no topo do mundo, estava animado para começar os ensaios . Ele estava animado com muitas coisas. Estávamos trabalhando juntos em um novo local de negócios. Eu não senti nada“, afirmou o baterista, comentando sobre os últimos meses da vida de Chester, antes de se suicidar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Contudo, a esposa de Sean havia notado algo diferente no vocalista do LINKIN PARK, segundo ele relatou na sequência. “Cerca de nove meses antes disso, minha esposa percebeu algo nele e disse: ‘Chester não está legal. Algo está errado’. E eu disse: ‘Não, não, não’. Ela respondeu: ‘Posso ver algo nos olhos dele’. E eu simplesmente explodi, tipo, ‘Não, acho que não.’ E então, é claro, o que aconteceu, aconteceu. É fácil olhar para trás e dizer: ‘Oh, sim. Ela notou.’ Mas você nunca sabe realmente o que está acontecendo na mente de alguém“.

Se o Chester estivesse pensando racionalmente, não acho que ele teria feito o que fez. Eu acho que é isso que a depressão faz, ela remove o processo de pensamento racional a partir do momento em que você faz essa escolha. Algumas vezes há alguém para ajudar a dissuadi-lo ou para orientá-lo de uma maneira diferente ou para distraí-lo, mas do jeito que isso aconteceu, não havia ninguém mais. E quando isso o atingiu naquele momento específico, não havia ninguém mais para ele se apoiar naquele momento, e isso é a coisa mais lamentável de tudo, eu acho“, finalizou.

Na manhã de 20 de julho de 2017, o vocalista Chester Bennington da banda Linkin Park foi encontrado morto dentro de sua casa, na Califórnia. O cantor de 41 anos, cometeu suicídio por enforcamento, deixando esposa e seis filhos.

Após a morte de Chester, o músico Mike Shinoda lançou um álbum solo intitulado Post Traumatic que conta com as participações de Chino Moreno, do vocalista do DEFTONES e do rapper Machine Gun Kelly.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).

No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período. O assunto é tão complexo que muitas pessoas evitam falar a respeito, o que nem sempre é a melhor decisão. Um problema dessa magnitude não pode ser negligenciado, pois sabe-se que o suicídio pode ser prevenido. Uma comunicação correta, responsável e ética é uma ferramenta importante para evitar o efeito contágio. Centro de Valorização da Vida Uma das entidades que ajuda pessoas com pensamentos tristes e depressivos é o Centro de Valorização da Vida, o CVV. A organização existe há anos graças ao trabalho voluntário de centenas de pessoas. O atendimento é gratuito e pode ser feito por telefone e internet. O telefone que tem cobertura para todo Brasil é 188.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio