ana paula valadao
A cantora e pastora mineira Ana Paula Valadão (FOTO: Reprodução)

Há alguns meses, a pastora e cantora gospel Ana Paula Valadão foi alvo de muitas críticas após viralizar um vídeo onde muitos internautas apontaram homofobia em frases ditas por ela.

Deus criou o homem e a mulher e é assim que nós cremos. Qualquer escolha contrária Deus chama de pecado e tem uma consequência, que é a morte”, diz ela. “Tá aí a AIDS pra mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte“.

Agora, de acordo com Lauro Jardim, do jornal O Globo, Ana Paula Valadão está sendo investigada por discurso de ódio. O Ministério Público Federal afirmou que “a situação, na forma em que foi narrada, caracteriza-se como ‘discurso de ódio’, restando ao Estado o dever de proteger as vítimas e responsabilizar os infratores”.

VEJA TAMBÉM: Ex de Biel culpa mãe do cantor por seu comportamento: “Sinto pelo que sua mãe fez com você com apenas 13 anos”

“Essa atuação é ainda mais necessária no atual cenário brasileiro, em que a homofobia se encontra tão presente e multiplicam-se casos de ódio e intolerância”, diz o documento do MPF.

Vale lembrar que em 2018, a religiosa defendeu a cura gay, afirmando que um de seus amigos foi “libertado”. “Ele é uma inspiração para todos que cresceram com uma história traumática. Uma mentira do diabo, dizendo que você é assim. Não é normal você ser homem… e ter desejo homossexual”, falou na época.