anitta
A cantora carioca Anitta (FOTO: Reprodução)

Em entrevista para ‘O Globo’, Anitta diz que haverá um lançamento na próxima semana, falou sobre política, sobre seus planos pós pandemia e que saíra outra mulher depois de todo esse momento. Confira um pouco dessa entrevista:

A gente tem um lançamento semana que vem. Uma música em espanhol vem aí semana que vem, tá bem legal, e a galera tá tocando [a divulgação] na gringa aí”, disse ela em vídeo direto de sua casa para o jornal.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

Coincidentemente, ou não, dois títulos de músicas circulam entre os fãs: “Tócame” e “Me Gusta”. A primeira já teve uma capa supostamente “vazada”.

Anitta Capa Tócame

Alguma novidade musical, parcerias para acontecer?

A gente tem lançamentos para as próximas semanas. Vamos lançar duas parcerias com cantores latinos conhecidos lá fora, mas não tanto aqui. É uma música em espanhol. Estão tocando o projeto lá na gringa. Antigamente, eu comandava tudo, tomava as decisões, bolava a estratégia e passava para o mundo inteiro. Agora, eles falam “tira uma foto”, eu tiro, “faz um vídeo”, eu faço. Fazem os planejamentos, as escolhas e mandam para os outros países. Aí, eu sou só artista. Estou tendo tudo que sempre quis: deitar, dormir, acordar e ser feliz ( risos ).”

Depois de tudo que conquistou, o que falta?

Nada, estou 100% realizada. Jamais tomaria a decisão de colocar minha carreira nas mãos de terceiros se não estivesse. Agora, seja lá o que acontecer na minha carreira está tudo bem, já realizei muitos sonhos, não estou no desespero, está tudo ótimo. Então, decidi cuidar mais de mim. Meus sonhos estão mais ligados à vida pessoal. Curtir minha família, viajar.

Anitta também falou sobre política, e o que ela espera dela mesma pós pandemia.

Você tem feito lives sobre política com a advogada criminalista Gabriela Prioli, falando de um jeito simples sobre o assunto, sem vergonha de perguntar coisas básicas. Debateram sobre Constituição, direita e esquerda, fascismo. Quais é o próximo assunto?

Vamos explicar às pessoas o que foi a ditadura. O que você aprendeu de mais importante até agora? Que a nossa política foi montada de uma forma em que ninguém manda sozinho, que a gente consegue vencer com a força do povo. Porém, precisa de mais educação e estudo para saber fazer essa cobrança e saber que o poder está na mão das pessoas. É fornecido um tipo de ensino que não deixa a gente perceber. Eu mesma precisei fazer essas lives para ter noção do papel de cada um na sociedade.

O que acha do governo Bolsonaro, da postura dele diante do combate à pandemia de coronavírus?

“Está confuso. É preciso definir uma diretriz e ter coesão, coerência, porque está tudo muito instável. Esse troca-troca ( de ministros ) passa “desestabilidade”. A agressividade passa insegurança. Quando se é agressivo, se oprime quem pensa diferente. Quando se aceita um cargo público, deve-se trabalhar para todos e não só para quem pensa igual. Isso me dá um pouquinho de medo.”

Nas eleições de 2018 você foi cobrada por não se posicionar politicamente. Recentemente, disse que não poderia se posicionar sobre algo que não entende. Esse foi o seu motivo, mas o que acha de artistas que preferem não se posicionar para não perder patrocínios, contratos publicitários e seguidores?

Olha, falo por mim. Cada um sabe o que consegue aguentar ou não, tem sua forma de ver a vida, achar o seu papel na sociedade. Não sou do tipo que impõe algo a alguém. Fiz porque acho que esperavam de mim uma coerência. Gosto de dar opinião sobre tudo, seria estranho se eu não me posicionasse. Gosto de saber das coisas, de aprender. Tento ser coerente com quem sou. Mas não julgo o outro. Cada um tem sua escolha de vida.”

Vai surgir uma Anitta diferente pós-quarentena, né? Que Anitta vem aí?

Vou sair mais inteligente, mais conhecedora dos assuntos. Quanto mais tempo me dão, mais aprendo. Mas sem pressão (risos). Faço as aulas de política uma vez por semana, leio coisas, assisto a documentários. Mas também faço meu programa. Não estou completamente parada. Estou focada, dedicada a aprender, trabalhar um pouco e descansar um pouco.

CLIQUE AQUI PARA LER A ENTREVISTA COMPLETA