Anitta se posiciona em caso de racismo contra Ludmilla e rebate jornalista que desejou sua morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O incidente de racismo envolvendo Ludmilla no Prêmio Multishow continua causando grande repercussão. Alguns artistas já se manifestaram em repúdio ao ato e agora foi a vez de Anitta.

A funkeira usou suas redes sociais na noite desta quinta-feira (dia 31) para se posicionar a respeito do tema. Sem mencionar o nome de Ludmilla, a cantora condenou qualquer atitude de viés racista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, escreveu Anitta.

Confira abaixo:

Ludmilla e Anitta estão em um momento de divergências após uma disputa envolvendo os direitos autorais da faixa “Onda Diferente”. Há quem tenha se posicionado a favor de Ludmilla, inclusive de maneira mais agressiva. É o caso do jornalista Felipeh Campos que sugeriu que Anitta tinha responsabilidade sobre o ato de racismo e deveria “tomar um remédinho pra dormir pra sempre”. A declaração foi prontamente rebatida pela cantora carioca.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio