Anitta sobre se posicionar politicamente: ‘Sei do que estou falando’

A cantora afirmou que só fala sobre assuntos que domina, já que costuma receber ataques de haters

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em coletiva de imprensa para divulgar seu novo single, “Girl From Rio“, Anitta se abriu sobre a confiança que conquistou para se posicionar politicamente. A carioca disse que estudou e conversou com amigos para se preparar para discutir sobre o assunto.

“Odeio dar minha opinião sobre coisas que não vou saber discutir até o fim, ou que eu não saberia explicar bem meu ponto de vista. Por isso eu quis estudar antes.“, contou. “A Gabi Priolli me dava essas aulas no início, depois comecei a fazer online para todo mundo acompanhar”, disse se referindo às aulas de política que transmitiu em seu Instagram no ano passado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Anitta ainda falou sobre a influência de amigos próximos na decisão de se posicionar politicamente: “Muita gente que eu conheço, como a Paula [Lavigne], começou a me falar o quanto isso ajuda. E hoje eu vejo que sim. Diferentemente do que muita gente fala, não foi depois da eleição [que ela começou a se posicionar]. Foi já antes do segundo turno que eu comecei a falar. Hoje eu já falo bem mais, porque eu tive muito mais tempo de estudo e sei do que estou falando”.

VEJA MAIS: Amado Batista põe à venda suas fazendas por R$ 350 milhões

Anitta apontou que recebe muitas críticas quando fala sobre política ou questões ambientais, então só fala sobre o que realmente domina. “Vem aquela bancada pesada inteira do outro lado me desafiar, desafiar o meu conhecimento das coisas. E se eu não estiver realmente preparada para responder à altura, eles vão usar minha ingenuidade para dizer que não sei de nada. Por isso eu prefiro realmente saber”.

Vale lembrar que, recentemente, a cantora discutiu com Ricardo Salles nas redes sociais e o ministro do Meio Ambiente a chamou de “Teletubbie”.

Por conta dos ataques, ela entende artistas que preferem não se posicionar: “Acho importante, mas também não julgo quem não fala porque tem que ter coragem para lidar com todo o hate e todas as coisas que vêm junto com isso”, declarou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio