O cantor e compositor Inglês Morrissey (FOTO: Reprodução)

Morrissey confirmou que foi dispensado pela sua gravadora, BMG, insistindo que a notícia era “perfeitamente de acordo com o horror galvânico implacável de 2020”.

Em um comunicado postado em seu site, ele disse: “Seria extremamente insano esperar algo positivo. Meus três álbuns com a BMG foram os melhores da minha carreira, e eu vou apoiá-los até a morte”.

“Gravá-los foi um período crucial na minha vida, e agradeço à equipe BMG anterior e a todos os envolvidos por isso. Ainda é importante para mim fazer música do meu jeito”, disse.

VEJA TAMBÉM: Ex de Phil Collins foi flagrada pelos filhos traindo o cantor

E ainda afirmou: “Eu não gostaria de ser em um rótulo que dita tão especificamente como seus artistas devem se comportar – especialmente quando a palavra ‘talento’ nunca é mencionada”.

Se pronunciando sobre o depoimento do artista, a gravadora declarou: “A BMG lançou três álbuns excepcionais do Morrissey nos últimos três anos, incluindo alguns dos melhores trabalhos de sua carreira”.

“Esse contrato de três álbuns chegou a fim. Desejamos a ele o melhor nessa nova fase de sua carreira. A BMG continua a representar grande parte do catálogo dele e estamos trabalhando com sua equipe para ter a melhor atenção que ele merece”, concluiram.