Simon Cowell
(FOTO: Divulgação)

Um dos programas mais tradicionais do canal britânico ITV, o reality show X-Factor vai descansar após longos 15 anos.

Considerado um verdadeiro celeiro de talentos da música mundial, o formato descobriu nomes como Little Mix, Leona Lewis, Olly Murs, Rebecca Ferguson, Cher Lloyd, James Arthur e One Direction e não irá mais ao ar como planejado neste ano.

O jornal Mirror informa que os chefes da ITV decidiram encerrar o programa logo após a decepcionante recepção da temporada 2019. A audiência ano após a ano do programa, veio enfrentando uma queda substancial e enfrentando problemas de programas da concorrência como “Strictly Come Dancing”.

O formato talent show de canto, aliás, enfrenta uma crise mundial tendo sido cancelado em vários países nestes últimos anos.

Uma fonte disse: “Simon realmente quer pensar como revigorar o programa para o futuro. Embora o X-Factor esteja renovado para mais uma temporada, a ITV entende totalmente a lógica por trás da ideia de descansar este ano e quer dar a Simon e sua equipe o tempo de trabalharem em suas ideias.”

Porém, seu criador Simon Cowell continuará como uma das maiores estrelas da emissora graças ao Got Talent, da Grã-Bretanha, que continuará sendo produzido por pelo menos os próximos cinco anos.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Um contrato assinado em dezembro entre a ITV, a Thames e a empresa de produção de Simon, Syco Entertainment, colocou em dúvida o futuro do X Factor, mas garantiu a garantia da BGT até 2024.

Uma fonte de produção da ITV disse ao Mirror Online: “Simon decidiu descansar o The X Factor este ano. Ele e os produtores querem respirar para realmente pensar no programa e revitalizá-lo para o futuro”.

Em 2019 Simon tentou dar maior fôlego ao formato do programa, introduzindo as duas novas versões, o “X Factor: Celebrity” e o “X Factor: The Band” que não surtiram efeito dando inclusive menos audiência.