raimundos
(FOTO: Reprodução)

Digão, líder da banda Raimundos, realizou uma live, na noite dessa sexta-feira (dia 13), no YouTube, e resolveu prestar uma homenagem ao engenheiro Bessanger Abrantes, primo do ex-vocalista Rodolfo. Abrantes, que inspirou o hit “Puteiro em João Pessoa”, faleceu aos 68 anos, vítima de uma parada cardíaca depois dum transplante de fígado.

Hoje foi um dia muito triste pra nós da família Raimundos. Eu queria fazer uma homenagem a esse cara, que foi tão importante pra gente e desejar a família Abrantes toda a luz, todo o amor de todos nós que estamos aqui”, afirmou Digão durante o evento online.

Bessanger Abrantes inspirou música - reprodução/Instagram
Bessanger Abrantes inspirou música (FOTO: Divulgação)

Antes da banda apresentar “Puteiro em João Pessoa”, o músico comunicou que teria um recado de uma pessoa em especial. A seguir, apareceu um vídeo do ex-parceiro de grupo Rodolfo, que agradeceu aos fãs do Raimundos pelas mensagens de carinho após a morte de seu primo.

Rodolfo prosseguiu com a mensagem ao falar sobre a importância das pessoas restabelecerem laços neste momento difícil da pandemia e contou que resolveu fazer as pazes com Digão. “A minha oração é muito mais pra vocês que estão assistindo, pra que vocês aproveitem o tempo que vocês têm, aproveite esse tempo em família, aproveite para restaurar os laços que estavam perdidos há muito tempo”. E acrescentou: “Eu não sei se o Digão já deu essa notícia, mas eu vou dar o furo aqui: já tem dois, três dias que a gente se reconciliou, a gente está conversando bastante e, meu irmão, estou muito feliz Digão de poder ter tido essas conversas que a gente teve. Não por causa do Bessanger, mas antes disso. E cara, você tem meu amor, você tem meu abraço e estou muito feliz de poder ver essa nossa história sendo reescrita com respeito e com benção”, afirmou Rodolfo.

Digão devolveu o carinho dedicando “Puteiro em João Pessoa” ao engenheiro Bessanger e ao ex-vocalista da banda. “Eu tô muito feliz, cara. Depois de 20 anos, a gente voltou a ser aqueles mesmos irmãos. Beijo no seu coração”, afirmou o guitarrista.

A reconciliação dos dois músicos ocorre dias após novo desentendimento entre agora entre Digão e Canisso, baixista dos Raimundos. A disputa teve início após Digão relacionar a crise do novo coronavírus a uma “amostra grátis de comunismo”.

Vale lembrar que apenas um dia antes do “reencontro” entre Rodolfo e Digão, o baixista Canisso respondeu no Twitter uma mensagem de um fã sobre a possibilidade de uma turnê especial com o antigo vocalista. “Oxy? tá maluco? É CLARO!!!”, disse o músico.

Neste mês de junho completam 19 anos desde que Rodolfo deixou o Raimundos depois de se converter à religião evangélica. Naquela época, a saída inesperada do artista causou um desconforto na banda que seguia em turnê e cumpria contrato com uma grande gravadora.