Após aborto, esposa de John Legend menciona possível barriga de aluguel

Chrissy Teigen ainda deixou em aberto a adoção

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A esposa de John Legend, disse que não consegue imaginar uma “vida sem mais filhos”, e por isso, nem a adoção e nem a barriga de aluguel estão descartados.

A modelo, que também é mãe de dois filhos, disse à revista “People” que está decidida a continuar a expandir sua família após a perda devastadora de seu terceiro filho, Jack, que aconteceu por um aborto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chrissy Teigen, que tem lutado com problemas de fertilidade, concebeu Luna, de 4 anos, e o filho Miles, de 2 anos, com o marido John Legend via fertilização in vitro. 

Depois que o impensável aconteceu durante sua terceira gravidez em outubro passado, ela revelou nos meses que se seguiram que nunca mais engravidaria.

No entanto, em uma entrevista publicada na última quinta-feira, ela disse à publicação que não consegue imaginar uma “vida sem mais filhos”.

“Aceitar não ser capaz de carregar de novo ainda é muito difícil para mim porque me sinto tão saudável. Eu fico tipo, por quê?” ela revelou.

“Mas então penso nisso porque meu útero simplesmente não está cooperando comigo, e não é um fracasso”, disse para a revista.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Reconhecendo a sorte que tem de ter dois filhos, ela acrescentou: “Só penso nisso em termos de como já sou abençoada, e também há tantas maneiras de ter um filho hoje em dia… seja por barriga de aluguel ou por adoção”, disse a modelo.

A estrela diz que quer ajudar outros casais que estão lutando para engravidar, lamentando como nem todos podem pagar a fertilização in vitro.

“Para mim, o que é realmente importante é poder garantir que todos tenham acesso a esses meios e garantir que as pessoas possam realizar seus sonhos. Seria simplesmente uma coisa linda”, disse ela.

“É tão incrivelmente caro congelar seus óvulos e colhê-los. A fertilização in vitro não é uma opção para muitas pessoas e precisa ser. Não deveria ser um empreendimento tão caro para uma mulher que está tentando conceber um filho”, opinou.

Chrissy também falou sobre como ela está ajudando Luna e Miles a se lembrar de seu irmão mais novo, incluindo o plantio de uma árvore especial para ele dentro da nova casa que estão construindo.

“É importante para nós na tradição tailandesa que sempre abracemos aqueles que perdemos, e eles nunca, nunca se vão. Esta árvore sendo plantada dentro de casa, toda a razão pela qual eu queria era para que as cinzas de Jack pudessem estar naquele solo e ele poderia estar conosco o tempo todo e crescer através das lindas folhas desta árvore”, ela contou.

“A maneira como Miles e Luna falam sobre ele é tão linda que me lembra de quando eu era pequena conversando com meu avô que estava sentado ao lado da minha mãe em uma pequena urna. É tudo lindo, e eu amo essa tradição”, disse Chrissy. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio