Após acusações de estupro, produtor é obrigado a manter distância mínima de 300m de Francinne

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No começo do mês, Francinne denunciou Mister Jam, produtor musical, jurado do reality show da Record ‘Canta Comigo’ e seu ex-marido.

As acusações são de violência doméstica, ameaça, estupro de vulnerável, injúria e lesão corporal. A cantora e o produtor tiveram um relacionamento que durou 4 anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, a coluna de Leo Dias informa que a Justiça obrigou Mister Jam a manter uma distancia de 300m da artista e seus familiares.

VEJA TAMBÉM: Mallu Ohana confirma que ficou com Gusttavo Lima enquanto ele era casado

O produtor está proibido, inclusive, de manter contato com Francinne por telefone com a ex-mulher. Caso ele descumpra a pena, ele pode ser preso.

“Quando eu fiz o B.O., não estava com todas as provas. Estava nervosa e nem pensava direito. Depois que juntei tudo, levei e ganhei a medida. Agora me sinto mais segura, porque a Justiça está do meu lado”, disse a artista.

E continuou: “Apesar de ter a medida em mãos, sinto um pouco de medo, sim. Sinto medo porque ele ainda não parou. Quero viver a minha vida em paz! Quero as minhas músicas, o que é meu para viver e trabalhar em paz”.

O produtor é conhecido por produzir músicas para Latino, Wanessa Camargo, Kelly Key, Michel Teló e Jota Quest.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio