Após acusar Caetano Veloso de pedofilia, ex-guru de Bolsonaro terá que pagar R$ 2,9 milhões

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ex-guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho tem exatos 15 dias para depositar R$2,9 milhões na conta de Caetano Veloso. O valor é referente a acusação de que o músico seria pedófilo.

VEJA MAIS: Após difícil término com Luísa Sonza, Whindersson Nunes revela solidão

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo publicado na Coluna de Ancelmo Gois no Globo: A decisão é da 50ª Vara Cível do Rio. O valor diz respeito ao total da multa aplicada ao “guru” do clã Bolsonaro pelo não cumprimento da liminar que mandou que ele apagasse as acusações de pedofilia postadas em suas redes sociais, em 2017, contra o cantor. Já o valor referente à condenação pelos danos morais (R$ 65.966,78) foi depositado judicialmente em agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio