Após agressão, Joelma comprou arma pra se defender de Ximbinha

Cantora revelou que o basta foi quando os filhos viram Ximbinha a agredindo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Joelma deu uma entrevista para Sabrina Sato e abriu o jogo sobre tudo o que viveu com seu ex-marido, Ximbinha. A musa revelou que quando foi agredida pela primeira vez, comprou uma arma de choque e não tirava da bolsa.

A loira disse ainda que o guitarrista tentou lhe agredir novamente após a separação do casal em 2015. Na ocasião, foi o próprio filho que a defendeu e não deixou que algo pior acontecesse. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma entrevista concedida à revista Quem, Joelma falou sobre seu processo de separação de Ximbinha. Além disso, a loira que é mãe de Yasmin, Natália e Yago, revelou que não quer que as filhas passem pelo que ela passou com o ex-marido.

“Acho que nosso casamento durou muito ainda, porque a gente trabalhava demais. E o trabalho era o meu refúgio. Eu aguentava, porque ali eu me refazia, me renovava, me reinventava. E isso me segurou muito na relação. Mas quando começou a afetar os meus filhos, eu disse: ‘Agora, não dá mais’. Quando é só com você, ainda dá para segurar. Como a gente passava pouco tempo em casa, eles nunca viram acontecer. Quando meu filhos presenciaram (a agressão por parte de Ximbinha), foi a gota d’água. Aí, tomei a decisão e foi a melhor coisa que fiz para não deixar acontecer com eles, o que aconteceu comigo”, relembra.

VEJA MAIS: Cantora famosa já terminou namoro por causa de Katy Perry; Entenda!

Já em entrevista ao Fantástico, a artista falou que deu voz a outras mulheres quando decidiu colocar um ponto final em seu relacionamento abusivo: “Percebi quando me separei. Chegava nos aeroportos e em vários lugares e as mulheres me abraçavam e agradeciam dizendo que salvei a vida delas. E eu ficava pasma e dizia: ‘Mas eu não te conheço’. E elas diziam que quando dei um basta, incentivei elas a tomarem a melhor decisão da vida e agora elas eram felizes e livres”, relata Joelma.

“Teve uma mulher, uma vez, que me disse que estava há 10 anos sofrendo pelo ex-marido. Isso é tempo demais! Eu consegui superar porque aprendi a perdoar. Quando você perdoa, aquela coisa horrível sai de você, junto com aquele rancor, aquele ódio. Para você ser feliz de verdade, tem que aprender a perdoar. E tem que aprender a pedir perdão também quando erra. Eu peço perdão quando erro com meus filhos. Nós somos seres-humanos imperfeitos. Aprendi que para ser feliz de verdade é preciso perdoar e pedir perdão. Mas não é uma coisa fácil. Você tem que entender que perdoar não é confiar. Perdoa, mas não precisa conviver, chegar perto”, justifica.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio