Após briga, Michael Jackson detonou Madonna: “Bruxa desagradável”

Os dois astros da música namoraram em meados dos anos 90

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meados de 1990, Michael Jackson surpreendeu quando chegou à cerimônia do Oscar acompanhado de Madonna. O mundo ficou em choque, contudo, o namoro entre os astros do pop durou apenas três encontros, e em um desses, o cantor detonou a loira, a chamando de “bruxa desagradável” após discussão em clube de striptease. A informação é do Express e foi traduzida pela Rolling Stone.

O cantor falou sobre o relacionamento com o conselheiro espiritual Shmuley Boteach. Durante as 30 horas de conversa gravada, Jackson disse sobre Madonna: “Ela não é uma pessoa legal.” O desgaste da relação pode ter surgido durante um encontro no início dos anos 2000.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Conheça o luxuoso e milionário apartamento onde mora o BTS

“Madonna estabeleceu a lei para mim antes de sairmos,” explicou o artista a Boteach. “[Ela disse]: ‘Não vou para a Disneylândia, certo? Isso está fora de cogitação.’ Respondi: ‘Não pedi para ir à Disneylândia.’” Depois disso, segundo Michael Jackson, a cantora falou que eles iriam para um restaurante e depois iriam ao clube de striptease.

Essa conversa foi um dos motivos para o dono de “Thriller” cortar laços com Madonna. “Não vou a um bar de strip, onde se cruzam… Não vou lá,” afirmou o artista. “Se será assim, esqueça isso tudo.”

“Depois, ela escreveu algumas coisas maldosas sobre mim na imprensa,” relembrou Michael Jackson. “Eu escrevi como ela é uma bruxa desagradável após ser tão gentil com ela.”

(Foto: Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio