A cantora fluminense Anitta (FOTO: Reprodução)

O aguardado single “Me Gusta” de Anitta chegou nesta sexta-feira (dia 18) e os fãs da cantora já estão ansiosos pelos próximos passos na carreira da funkeira. Enquanto o clipe gravado em Salvador chega ainda nesta sexta, a cantora concedeu uma entrevista ao site POPMais onde comentou sobre algumas novidades na carreira.

Adiantando que a segunda temporada de sua série documental na Netflix poderá ser lançada até dezembro, com chances de ser antecipada, a carioca também comentou informações sobre o seu próximo álbum cantado em inglês, espanhol e português. Segundo a artista, apesar dos rumores, o nome do disco ainda não foi confirmado como “Girl From Rio”, apesar deste ser o título do próximo single da cantora. As informações ventiladas na imprensa pelo jornal inglês The Guardian é que a canção tem sampling de “Girl From Ipanema”, clássico da bossa-nova eternizado por Tom Jobim e lançado ainda em 1964.

A faixa, a pedido da cantora, não será uma parceria com nenhum outro artista e deverá ter seu clipe gravado naturalmente em terras cariocas. Esta informação é divulgada após um imbróglio entre a carioca e a prefeitura da cidade, que entraram em desacordo após a artista afirmar que vem sendo proibida de gravar em pontos turísticos do Rio de Janeiro. Aparentemente, após uma petição digital e com o barulho em torno do assunto, as coisas foram resolvidas.

Tentando emplacar uma carreira internacional já há cerca de quatro ou cinco anos, a funkeira de Honório Gurgel deu um importante passo na carreira ao assinar, em junho, com a Warner Records e conquistar um contrato com a subsidiária norte-americana de uma das principais gravadoras do mundo.

Diferentemente do Kisses, que teve pouco espaço pro funk carioca de Anitta, este novo disco da cantora deve investir mais no ritmo genuinamente brasileiro. Quem confirmou a informação foi o produtor executivo do projeto, o músico multi-premiado Ryan Tedder.

O hitmaker revelou que a intérprete carioca não deixará suas raízes brasileiríssimas de lado e o projeto internacional terá funk sim: “Vai ter funk… funk baile de favela e tudo que é de bom!”. Segundo o colunista Fefito, o disco vai misturar elementos de funk com R&B, EDM, hip-hop e também Bossa Nova. A artista, aliás, já chegou a falar sobre um disco só dedicado ao elegante gênero carioca e também já deu algumas palhinhas em Bossa Nova em “Will I See You” parceria com Poo Bear (produtor de Justin Bieber) lançada em 2017 no projeto Check Mate. 

Ryan Tedder, que foi bastante elogiado por Anitta, vale lembrar é um multi-instrumentista indicado a diversos Grammys e vocalista da banda OneRepublic. O músico já produziu faixas para Adele, Beyoncé e Bruno Mars e se rasgou em elogios para brasileira. “Ela entende a cultura global e está preparada para o mercado americano. Todo mundo em Los Angeles e Nova York quer trabalhar com Anitta”, afirmou o músico à revista Veja.