ludmilla
A cantora fluminense Ludmilla (FOTO: Reprodução)

Recentemente, fomos pegos de supresa após Ludmilla afirmar que agora levará sua música para outro gênero: o gospel. Mas não é de hoje que a cantora tenta diversificar seu catalogo e se mostrar versátil, como pudemos ver no álbum de pagode ‘Numanice’, lançado em abril.

Segundo o Diário do Nordeste, a artista revelou: “Ela [uma jornalista] me perguntou ‘você compõe e tal… E aí, pensa em cantar para Deus, cantar gospel?“.

Cara, você acredita que eu fiz uma música para Deus, e eu mostrei assim para a galera e todo mundo falou ‘você precisa gravar isso, para todo mundo conhecer’“, disse.

VEJA TAMBÉM: Forró? Rihanna, Billie Eilish, BTS e Michael Jackson de um jeito que você nunca ouviu

Porém, para a tristeza dos fãs que esperavam que Ludmilla fosse fazer disso uma carreira, ela revelou: “Não tenho pretensão nenhuma, não fiz nenhum projeto de ‘ai, vou virar gospel’, eu fiz uma música para Deus, para o meu pai maravilhoso que tem realizado coisas incríveis na minha vida, e eu quis me declarar para ele em forma de música“.

Segundo Leo Dias, a ideia surgiu após a cantora criar uma célula religiosa em casa. Intitulada Big Célula da Ludmilla, ela tem, segundo a própria cantora, um propósito muito importante – como “agradecer ao Senhor por cuidar tanto de mim”.