justin bieber
O cantor canadense Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

Carl Lentz, pastor e mentor espiritual de Justin Bieber, foi demitido de seu cargo na famosa e polêmica Igreja Hillsong devido a “falhas morais”.

A “falha” em questão, foi uma traição. A estilista Ranin Karim afirmou que ela e o pastor tinham um relacionamento sério, mas secreto, durante o qual ele disse demorou a confessar que era casado.

Em entrevista ao programa norte-americano Good Morning America, ela apareceu usando um colar que ela afirma que Lentz lhe deu. Ela descreveu seu encontro com o pastor e contou que se sentiu “confusa” quando ele disse que ele era casado há 17 anos e tinha três filhos , não muito depois de convidá-la para tomar uma bebida.

VEJA TAMBÉM: Criador de série famosa DETONA participação de Justin Bieber: “Problemático”

Ela disse que quando perguntou o que ele fazia da vida, ele apenas respondeu: “Eu administro celebridades”. Ranin afirmou que, desconfiada, procurou na internet quem ele era: “Eu disse que sabia quem ele era, que não estava ali para julgá-lo”.

“Quando você dá a alguém tanto poder, eles se tornam Deus para as pessoas”, disse ela. “As pessoas esqueceram o conceito de religião e crenças, e olham para Carl como se ele fosse Deus”.

Carl ajudou Justin Bieber a se conectar com Hillsong depois que o cantor o procurou em 2010. Carl e Justin tornaram-se extremamente próximos e o cantor até foi morar com Carl e sua esposa Laura por um mês em 2014.