Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

Eduardo Costa comentou recentemente nas redes sociais que seria improvável fazer sua próxima live em Brumadinho, já que a cidade segue completamente devastada, dizendo ainda que o município cheira “a corpo e a morte”. A fala causou revolta em moradores da região e inclusive na prefeitura do local que enviou uma nota em repúdio sobre as declarações do músico mineiro. Bastante decepcionado, Eduardo, disse numa entrevista ao colunista Leo Dias, que está cogitando abandonar o mundo virtual:

“Tem horas que tenho vontade de abandonar as redes sociais. Eu não falei com uma conotação pejorativa, nem para depreciar nada. As pessoas que levaram para este lado. O que acontece em Brumadinho é que ainda tem uns 12 corpos que estão desaparecidos e as famílias ainda procuram, com toda razão e direito, enterrar seus entes queridos. Então ainda tem corpo lá, sim. Mas, como sempre, editaram minha fala e isso magoou muita gente, inclusive a mim. Eu peço de todo coração desculpas a quem se ofendeu, não foi e nunca é minha intenção. Sou um cara da paz”.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Eduardo se recordou também que a primeira grande performance da carreira foi na região e revelou que sua família que é mineira possui cavalos nas redondezas. “Tenho muitas tias e primos que moram em Brumadinho. Também tenho cavalos por lá. Além disso, meu primeiro grande show na região metropolitana de Belo Horizonte foi lá. Eu devo muito a esse lugar. Inhotim é um dos lugares mais bonitos do mundo. Amo aquela região como se fosse minha casa”.

O desejo de sair das redes sociais porém é cada vez mais forte para o artista: “Não sei por que as pessoas pegam tanto no meu pé. Sou um trabalhador comum. Saio de casa de manhã cedo, volto tarde. Tenho problemas familiares, sofro. Minha vontade é só poder levar alegria para as pessoas, mas todo mundo distorce o que faço ou falo. Na minha primeira live conseguimos dezenas de toneladas de alimentos e várias outras coisas para doações e no dia seguinte as notícias eram só falando do meu comportamento. Não quero que noticiem minhas benfeitorias para as pessoas, porque faço de coração. Mas também não dá para só me criticarem. Eu procuro nem ver essas notícias, porque cada vez tenho mais vontade de sair das redes sociais”, explicou Eduardo Costa.