O cantor Alex Lima (FOTO: Reprodução)

O cantor de pagode Alex Lima faleceu na Praia Grande nesta quarta-feira (18) em decorrência da COVID-19.

Segundo uma prima, o artista, que tinha 38 anos, era uma pessoa saudável: “Ainda é difícil de acreditar que ele morreu com essa doença. Cheguei a falar com ele dias antes de ele morrer, e ele disse que estavam passando os riscos“.

Ao G1, ela ainda disse: “Perder ele assim, tão novo, é uma dor gigante. Estamos de coração partido“. O cantor ficou internado por 20 dias e deixou uma esposa e três filhos.

VEJA TAMBÉM: Na pandemia, Vintage Culture vai a festas clandestinas e se justifica

A familiar ainda alertou: “As pessoas precisam parar de achar que a pandemia é brincadeira e que acabou, porque ainda não acabou. O coronavírus mata, já perdi dois primos para a doença“.

O Alex era querido demais, vai deixar saudades a todos que já tiveram a oportunidade de conviver com ele“, lamentou.

Apenas no Brasil, a pandemia já matou mais de 167 mil pessoas. Até o dia de hoje (19 de novembro), mais de 5 milhões de pessoas foram infectadas com o vírus.