Após ficar com 70% do pulmão comprometido pela Covid-19, Cauan faz show em festa lotada

Após ficar entre a vida e a morte por conta do vírus, o músico revelou que tinha aprendido

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor Cauan, que faz dupla com Cleber, ficou internado após ser diagnosticado com o novo coronavírus. O cantor chegou a ir para UTI e ficar com 70% do pulmão comprometido por conta da doença.

Contudo, nesta sexta-feira (12), a dupla sertaneja fez um show em uma festa lotada, com pessoas aglomerando e sem máscara. O evento aconteceu em Santana Catarina, no mesmo dia em que o Brasil registrou, pelo terceiro dia, mais de 2 mil mortes (2.152), totalizando 275.276 vítimas fatais da doença.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Após Luísa Sonza assumir novo namoro, Whindersson Nunes debocha

Após toda repercussão negativa do show de Cleber e Cauan, os músicos publicaram um vídeo no Instagram oficial da dupla esclarecendo, na legenda eles escreveram: “Neste casamento tinha buffet, garçons, seguranças, limpeza, cerimonialista, fotógrafos, além dos músicos; todos trabalhando.”

Vale ressaltar que antes de ficar com mais da metade do pulmão comprometido por conta da doença, um vídeo de Cauan ironizando o vírus viralizou na web. No entanto, após sua recuperação do Covid-19, o sertanejo disse, em entrevista ao ‘Fantástico’, que estava arrependido de suas declarações e que o episódio deixou sequelas:

“Eu me arrependo, sim [de ter menosprezado a doença]. Infelizmente, cometi vários erros. Foi ignorância [minha], que paguei caro e quero me retratar dizendo para as pessoas: deem a importância que a doença merece. Cheguei a ter “dois surtos muito fortes” de pânico e falta de ar durante a internação. Naquele momento, eu preferia morrer a sentir o que eu estava sentindo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio