Após homenagem de Juliette no BBB, cantor Chico César lança músicas com Zeca Baleiro

“Lovers” e “Respira” são as primeiras canções do projeto

Publicado em 5/26/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma nova safra de mais de 20 canções, compostas ao longo deste último ano, marcou a retomada da parceria inaugurada há quase 30 anos por Chico César e Zeca Baleiro. Animados pelo resultado das novas parcerias musicais, os cantores anunciaram o lançamento de um álbum para breve. Mas antes disso, Chico e Zeca antecipam as canções “Lovers” e “Respira” para esta sexta-feira (21). O single duplo chega às plataformas digitais pela Chita/Saravá Discos.

Quando os shows e gravações pararam por conta da pandemia, Chico César e Zeca Baleiro começaram a compor bastante juntos. Desde maio de 2020 até o início deste ano, foram mais de 20 composições – reggaes, baladas, xotes e rocks. Como os dois compõem letra e música, o processo de criação foi bem variado, com muitas experimentações. Tem letra de Chico com música de Zeca e vice-versa, mas tem também canções criadas em conjunto, refrão de um que o outro desenvolveu, enfim, melodias e versos fluindo de ambos os lados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com produção de Swami Jr., Chico e Zeca vêm trabalhando desde agosto em 10 canções compostas durante esse período. O primeiro lançamento reunirá duas delas, “Respira” e “Lovers”, a única canção produzida por Érico Theobaldo. “Não se entregue não / Ainda tem chão, respira”, acalentam Chico e Zeca na delicada “Respira”, e evocam em “Lovers” a atmosfera romântica do estilo de reggae lovers, que os maranhenses adoram dançar coladinho, para cantar “Lovers para os haters”.

Capa do Double Single – “Lovers + Respira”

“Concretiza-se, assim, o encontro de três décadas. Parece que demorou mas tudo tem seu tempo, o período de maturação. A pandemia, de certo modo, veio nos dizer da necessidade de estar perto das pessoas com as quais nos identificamos e nos vinculamos em ética e estética. Claro que tematizamos a pandemia, mas também fizemos canções que poderiam ter sido geradas em qualquer momento e falam de outras coisas, assuntos perenes em nós”, relata Chico César.

“Eu e o Chico nos conhecemos desde 91, ano em que cheguei em São Paulo. Nos tornamos amigos e parceiros desde então, mas a real é que nunca fizemos muitas músicas juntos. A ‘parceria’ se dava mais num plano de troca estética e admiração mútua. Com a pandemia e o isolamento, algo se deu, algum pavio criativo acendeu em nós. Começamos a trocar ideias, pedaços de letra ou melodia, refrões à espera de estrofes e, desde maio do ano passado, compusemos duas dezenas de canções. Resolvemos gravá-las por reconhecer nessa produção o coroamento de uma longa história de amizade e afinidade musical”, completa Zeca Baleiro.

“Conheci Chico César e Zeca Baleiro no início dos anos 90. Eram então dois jovens brilhantes e, sobretudo, corajosos artistas nordestinos enfrentando a metrópole paulistana com a couraça do sonho inabalável. Conhecendo pouco a pouco o que eles criavam e o oceano de talento que os habitava, tive a certeza de que logo estariam no ‘altar’ da música brasileira, junto a seus grandes ídolos. Chico e Zeca são daquele seleto grupo de compositores em cuja música há o grito clandestino de haver alma. Em sua obra estão a voz do Nordeste, de Arari e Catolé do Rocha, a voz de todas as vozes da canção brasileira em uma visão generosa, plural e grandiosa da música popular. Para mim, sempre foi uma glória estar com eles em tantos discos, shows e projetos que me deram tanto de música e de vida. O convite para produzir esse álbum em dupla, inédito, em que apresentam parcerias feitas em tempos de pandemia, é um desses ‘chamados’ a que se deve atender imediatamente, sem hesitar. Imensa honra ter aos meus cuidados canções tão preciosas, de dois imensos e fundamentais artistas. Obrigado meus irmãos e parceiros!”, finaliza Swami Jr.

Juliette no BBB:

Já pensou em ter uma música viralizada em horário nobre na Globo e de graça? Bom, Juliette do BBB fez o single “Deus Me Proteja”, de Chico César, chegar ao 1º lugar da parada viral do Spotify Brasil nesta quarta-feira (17).

A música subiu de 7 mil visualizações em janeiro para 905 mil em fevereiro somente no YouTube. As buscas pelo nome da canção cresceram mais de 900%, de acordo com dados informados pela assessoria de comunicação do músico para o site G1.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

“‘Deus Me Proteja’ no topo da parada viral do Spotify – com a versão ao vivo também na lista, em 47°. muito obrigado pelos compartilhamentos e pelas cantorias em rede nacional, @juliette.freire!”, escreveu Chico César em suas redes sociais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio